Editoriais \ tocantins agora-to.com.br

Quarta-feira , 05 de Dezembro de 2018 - 14hs45

prevenção

Saúde promove debate sobre violência obstétrica no Taquari

Fonte: Da Redação

Tamanho da Letra A- A+

Devido ao número elevado de notificações de violência obstétrica no território que compõem o Centro de Saúde da Comunidade (CSC) do Jardim Taquari, a equipe multiprofissional da unidade programou para a próxima sexta-feira, 07, a partir das 8 horas, uma série de palestras com a comunidade para abordar sobre Violência obstétrica: direito à saúde e informação. O objetivo é promover a proteção das mulheres, com destaque à atenção obstétrica e neonatal humanizada e de qualidade.

De acordo com informações do Ministério da Saúde, uma em cada quatro mulheres brasileiras é vítima de violência no decorrer da gestação, parto e puerpério, abrangendo atos de desrespeito, assédio moral, violência física ou psicológica e negligência.

Segundo o enfermeiro e coordenador do Grupo Condutor Materno Infantil da Secretaria de Saúde de Palmas (Semus), Eduardo Silva Moura, o encontro pretende incentivar o debate sobre o tema devido ao número de casos de violência obstétrica nos hospitais da rede pública. “Queremos promover diálogo em relação a implantação de medidas de informação às mulheres grávidas e paridas a respeito da Política Nacional de Atenção Obstétrica e Neonatal”, destacou o coordenador.

A programação conta com a participação de gestantes atendidas na unidade de Taquari, profissionais da rede de saúde de Palmas, da Secretaria Estadual de Saúde e do Hospital e Maternidade Dona Regina.   


Comentários enviados por leitores:

Sem comentários registrados/aprovados até o momento.
Quer ser o primeiro a comentar esta notícia? Clique aqui...

Plantão

+ Comentadas

Sem Informativos
2008 - 2018 Agora-TO seu portal de Notícias - Todos os direitos reservados | Contato/Fax: (63) 3214-1853 | redacao@agora-to.com.br