Siga nas redes sociais

Acusado de matar a professora Elisabeth Figueiredo é condenado a 18 anos de prisão

O Conselho de Sentença condenou, nesta quarta-feira (24/1), Washington Luiz Santana de Oliveira, 51 anos, a 18 anos de reclusão por homicídio triplamente qualificado (feminicídio, motivo fútil e por dificultar a defesa da vítima). Ele assassinou a professora Elisabeth Figueiredo no dia 6 de junho de 2021, por volta das 17h30, na residência da vítima, no município de Pequizeiro.

O julgamento foi realizado no Tribunal do Júri da Comarca de Guaraí e presidido pelo juiz Fábio Costa Gonzaga. De acordo com a sentença, o réu agrediu a vítima “com significativa violência física antes de efetuar o disparo fatal, o que gerou ainda mais sofrimento e dor”. Ainda segundo a decisão, as circunstâncias do crime “também são reprováveis na medida em que a violência se deu no recesso do lar da vítima, local onde deveria estar mais protegida”.

O caso

Oliveira era companheiro de Elizabeth Figueiredo e, com uma arma de fogo, assassinou a professora após uma discussão. Segundo a denúncia, o acusado queria as chaves do carro da vítima e, diante da recusa, passou a agredi-la e cometeu o homicídio, fugindo do local logo após cometer o crime. Horas depois o homem foi capturado e posteriormente transferido para a Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota, em Araguaína.

O crime gerou grande comoção em Pequizeiro, pois a vítima era bastante conhecida pelos moradores da cidade. Elisabeth Figueiredo, que na época do crime tinha 60 anos, era professora aposentada, já tendo sido diretora de uma escola estadual no município. 

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo