Siga nas redes sociais

Agência de Metrologia verifica 71 radares durante o mês de março

Foto: Brenda Ramos/Governo do Tocantins

Durante o mês de março, os técnicos de Instrumentos da Agência de Metrologia, Avaliação da Conformidade, Inovação e Tecnologia do Estado do Tocantins (AEM), órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), realizaram a Verificação Anual em 71 equipamentos de radares fixos, mistos e barreiras eletrônicas em Palmas, em Araguaína e nas rodovias tocantinenses. Foram fiscalizações iniciais (equipamentos novos), periódicas (anuais) e eventuais (no caso de equipamentos reparados).

O presidente da Agência de Metrologia, Jerônimo Júnior, informou que a verificação de radar é sempre demandada pelas concessionárias dos equipamentos. “A ação atende aos Regulamentos Técnicos Metrológicos do Inmetro, que determinam como obrigatória a verificação de radares de velocidade uma vez por ano ou todas as vezes que o equipamento passar por algum tipo de reparo, ou no caso dos novos equipamentos”, destacou o gestor da pasta.

Verificação visa também a segurança do trânsito

Os radares de trânsito são aparelhos que monitoram o tráfego de veículos e identificam quando um deles circula acima do limite estabelecido para a via em questão. Para o funcionamento, devem ter seu modelo aprovado pelo Inmetro, atendendo à legislação metrológica em vigor e aos requisitos estabelecidos na resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

O radar também é um grande aliado para evitar acidentes de trânsito. “Os equipamentos são demarcados com velocidades permitidas que são determinadas considerando a segurança do trânsito e dos motoristas, passageiros, pedestres e ciclistas”, destacou o presidente Jerônimo.

Aferir os radares é uma ação rotineira e faz parte do escopo de trabalho da Agência de Metrologia. O objetivo da ação é atestar a leitura dos medidores de velocidade para veículos automotores e verificar a conformidade com a velocidade permitida nas rodovias, bem como observar se a velocidade que os radares marcam dos veículos que estão passando por ele está correta e se estão de acordo com o verificado pelo Inmetro.

Para efetuar a Verificação Anual dos Radares (medidores de velocidade), um veículo oficial da AEM trafega na via averiguada e passa pelo equipamento instalado, em média cinco vezes. No caso dos equipamentos novos, na Verificação Inicial, um veículo da Agência passa pelo medidor de velocidade, em média dez vezes em cada radar. Neste processo, usa-se um aparelho, que é calibrado pelo Inmetro e, que ao passar pela barreira eletrônica, compara a velocidade fornecida pelo radar com a do veículo oficial da pasta.

De acordo com os dados encontrados na vistoria, com base nessa equiparação, o radar pode vir a ser aprovado ou reprovado. Quando ocorre a reprovação dos medidores de velocidade, eles não podem ser utilizados até que a empresa responsável realize as adequações necessárias.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo