Siga nas redes sociais

As aulas do Pronatec Rural no Tocantins estão previstas para começar em agosto


.

 

Nesta 1ª etapa do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) Rural, 2.625 alunos já estão matriculados. Eles serão distribuídos em  175 turmas das regionais de Porto Nacional, Palmas, Arraias, Dianópolis, Miracema e Gurupi .

 

Serão oferecidos  cursos de bovinocultura deleite, bovinocultura de corte, horticultura, fruticultura,  aquicultura, avicultura de pequeno porte,beneficiamento de mandioca e sistema de irrigação.

 

 O público alvo do PRONATEC Rural são estudantes matriculados no 2º ou 3º série do Ensino Médio, oriundos da Zona Rural. Os Cursos terão carga horária mínima de 160 horas, sendo 32 horas aulas teóricas 88 horas aulas práticas e 40 horas aulas de empreendedorismo. O aluno deverá alcançar o mínimo 75% de frequência para conclusão e certificação dos cursos.

 

Para viabilizar o acesso dos alunos ao programa, será  disponibilizada  alimentação e transporte. Para os cursos que necessitam de EPIs( equipamentos de proteção individual)  os alunos receberão kit's.

 

O  Pronatec Rural, é um programa direcionado a formação do homem do campo e  no Tocantins está sendo desenvolvido pelo SENAR em parceria com a Secretaria Estadual de Educação.  O total de vagas oferecidas é 5. 040 vagas, distribuídas em  110 municípios Tocantinenses. “Serão investidos no Programa cerca de R$ 6 milhões de reais, recursos provenientes do Ministério da Educação” declarou Loudes Hennemann superintendente do SENAR – TO.

 

A finalidade do Programa é expandir e oferecer cursos para alunos da área rural respeitando as características produtivas regionais além de contribuir com Educação Profissional. Desta forma é possível ampliar as oportunidades educacionais dos estudantes e incrementar a formação profissional.

 

Os alunos serão acompanhados por um instrutor e também por um  mobilizado que vai ser o gestor da turma no município.Ele irá gerenciar a parte pedagógica dos estudantes e também será o elo de ligação com o SENAR. “ Precisamos ficar de olho no aprendizado dos alunos, pra saber se eles estão realmente participando das aulas e realizando as atividades” explicou Claudemar Abreu Lopes coordenadora do Pronatec Rural do SENAR.

 

 

 


 

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo