Siga nas redes sociais

Belezas Turísticas de Santos Eternizam Sonhos em Álbuns de Casamento


A Semana da Mulher traz na barra da saia um assunto que ainda não saiu totalmente de moda, até entre jovens mais liberadas: o casamento. Mas se o matrimônio persiste, os rituais e celebrações mudaram em gênero (literalmente), em número e grau. Até o ábum de fotos não é mais aquele, em que noivos, pais e padrinhos posavam na igreja, na festa, na partida para a lua-de-mel. 


Hoje, o cenário é outro. A produção também. Geralmente, entre a saída da cerimônia na igreja e o trajeto até o o local onde é servido o bufê, os noivos "dão uma escapadinha" para registrar o grande dia em locais selecionados. Em Santos, alguns prédios e casarões do Centro Histórico extrapolam a função turística para ilustrar esses álbuns de recordações. Os lugares mais procurados são a Bolsa Oficial de Café, o Palácio José Bonifácio (sede da prefeitura), a Casa da Frontaria Azulejada e o bulevar da Rua XV de Novembro.


Para o fotógrafo Tadeu Nascimento, nessa ocasião os profissionais podem mostrar mais criatividade. “É a hora de o fotógrafo brincar com a iluminação de rua, que proporciona um tom mais romântico às imagens, e ainda tirar o casal do lugar comum da decoração da cerimônia e da festa”. Segundo Tadeu, na década de 70 uma das preferências dos noivos era a foto ao lado do leão de concreto no jardim da orla, na praia do Gonzaga. Em vista da revitalização pela qual passa o Centro Histórico de Santos, por meio do Projeto Alegra Centro, Nascimento aposta que futuramente as fotos terão, como pano de fundo, a Rua do Comércio, onde alguns imóveis passam por restauro; o Museu Pelé, em construção no Valongo; e o Porto Valongo Santos, que prevê a transformação do trecho entre os armazéns 1 e 8 em complexo turístico, cultural, náutico e empresarial.   


Templos mais procurados


É no Centro Histórico que se encontram as igrejas mais antigas de Santos: o Santuário de Santo Antônio do Valongo, a Igreja da Ordem Primeira do Carmo e a Igreja da Ordem Terceira do Carmo. As três são de inspiração barroca. O mais novo templo a ser admitido no rol casamenteiro é o Santuário de Nossa Senhora do Monte Serrat, no topo do morro de mesmo nome e localizado a 157 metros do nível do mar, com vista de 360 graus da cidade e parciais de São Vicente, Cubatão, Guarujá e Praia Grande.


No Centro Histórico também fica a Catedral, em frente à Praça José Bonifácio, de influência  neogótica. Este tema arquitetônico também é encontrado na Igreja de Nossa Senhora da Pompeia, no bairro do mesmo nome, e na Basílica de Santo Antônio do Embaré (1945), tão perto do mar quanto a Capela de Nossa Senhora dos Navegantes, na Ponta da Praia.


Para quem prefere um templo de inspiração neoclássica, a sugestão é a o Sagrado Coração de Maria. Fica bem no comecinho da Ana Costa e relativamente perto do Morro da Nova Cintra, onde está a Igreja São João Batista, na Praça Guadalajara, para noivos que desejem dar à cerimônia um clima interiorano   

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo