Siga nas redes sociais

César Halum propõe mudanças no crédito de financiamento do Minha Casa Minha Vida


O deputado federal César Halum (PSD-TO), apresentou à Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, a Indicação 2867/2012 que sugere ao Poder Executivo, mudanças nas regras de financiamento do Programa Minha Casa Minha Vida para a cidade de Araguaína – TO, aumentando de R$ 100.000 para R$ 130.000 O limite de crédito.

Nas regras atuais no que diz respeito ao limite máximo de financiamento do Programa Minha Casa Minha Vida o município de Araguaína, se enquadra nas cidades com população igual ou superior a 50 mil habitantes, sendo beneficiado com o teto máximo de R$ 100.000,00 por imóvel. Halum argumenta que embora seja uma ajuda fundamental e bem vinda, ainda não é suficiente para aquisição de imóveis nesta região, pelos elevados custos dos empreendimentos imobiliários da cidade. – “O Tocantins não possui nenhuma cidade com mais de 250 mil habitantes, até sua Capital tem apenas 200 mil. Araguaína é a principal cidade do Estado, com 170 mil habitantes, é a capital do Boi Gordo, polo universitário, industrial, de saúde e possui a maior renda per capita do Tocantins, fatores estes que oneram e valorizam cada vez mais os imóveis”, disse.

César Halum relata que as construtoras, gradativamente, estão deixando de investir no mercado imobiliário por não conseguirem construir uma casa ou apartamento com os valores atuais de financiamento do programa, causando também aumento na taxa de desemprego do município e que as regras atuais não coincidem com o objetivo do programa – “Colocar o teto máximo de R$ 100.000 para uma cidade como Araguaína é uma medida contraditória ao princípio básico de do programa, tendo em vista que penaliza exatamente as pessoas para quais o Minha Casa Minha Vida foi inicialmente proposto, as famílias de baixa renda”, asseverou.

O deputado tocantinense, afirmou que sua sugestão visa atender a expectativa de milhares de araguainenses que veem no programa a oportunidade, talvez única, de adquirir seu imóvel. – “Com a mudança nas regras do Minha Casa, Minha Vida em Araguaína, diversas famílias de baixa renda dessa região, conseguirão realizar o sonho de ter a casa própria – que muitas vezes é um sonho de uma vida inteira”, concluiu César Halum

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo