Siga nas redes sociais

CESTE apresenta balanço das obras e benefícios promovidos pela construção da Usina Hidrelétrica Estreito


O Consórcio Estreito Energia (CESTE), empreendedor da Usina Hidrelétrica Estreito (UHE Estreito), tendo em vista estar na fase final de implantação do projeto, faz um balanço dos investimentos e projetos já realizados no Município de Carolina, um dos 12 municípios da área de abrangência da usina, para destacar os melhoramentos proporcionados pelo CESTE no Município, bem como novos benefícios a serem alcançados. Além de ações e programas voltados para a comunidade, o CESTE destaca neste balanço uma série de obras públicas e sociais implementadas para aprimorar a qualidade de vida da população, como a construção de posto de saúde, orla e área de lazer, doação de ambulância, entre outros resultados, e finaliza destacando os recursos econômicos gerados pelo Consórcio em impostos e, também, compensação financeira, esta última pela utilização dos recursos hídricos com a implantação da UHE Estreito. Benefícios entregues ao município Por meio do Termo de Compromisso Mútuo (TCM), uma ação voluntária promovida pelo CESTE, foram projetadas e executadas obras de extrema importância para o desenvolvimento do município, que ajudaram a reforçar, significativamente, as áreas de saúde, educação, infraestrutura e social de Carolina.  Entre as inúmeras obras entregues estão a construção do Conselho Tutelar de Carolina, a reforma do ginásio de esporte e do mercado municipal da Cohab, reforma do Estádio Municipal Alto da Colina e a construção do Centro de Convivência para Idosos, que atende dezenas de idosos, além de sediar eventos culturais, cursos e palestras voltados à comunidade. Tudo isso realizado praticamente numa mesma quadra, entre os bairros Alto da Colina e Cohab. Já em parceria com o Tribunal de Justiça do Maranhão, o CESTE construiu a nova sede do Fórum carolinense. Especificamente na área de saúde, o CESTE construiu um Posto de Saúde no bairro do Brejinho, adquiriu o Hospital e Maternidade de Carolina, com todos os móveis e equipamentos, e doou-os ao Município. Soma-se, ainda, a esses benefícios, a doação de uma ambulância nova ao Hospital Municipal. Contemplando outros setores, também foi construída uma ampla área de lazer com quadras de areia e grama, aparelhos de exercícios físicos e pista de caminhada, quiosques, além de um grande espaço para shows com palco e camarim.  Um novo cemitério também foi construído para atender o município.Na saída da cidade, para Goiatins (TO), o CESTE recuperou o aterro sanitário, entregou à prefeitura um caminhão compactador de lixo e está implantando atualmente uma usina de compostagem de lixo. Na área educacional, o CESTE realizou a reforma e ampliação da Escola Municipal Dirceu Arrais. Já na beira rio da cidade, o CESTE está finalizando o processo de entrega da orla de Carolina recém construída que possui 480 metros de extensão, contando com dois restaurantes, banheiros, playground, aparelhos de ginástica, miniteatro de arena, pista de caminhada e dois piers para atracar lanchas e barcos, além de área de estacionamento de veículos.  Também na beira rio, o CESTE construiu e mobiliou uma sala multiuso que integra o Projeto do Complexo do Pescado visando beneficiar pescadores da região. Na área de abastecimento, o CESTE realizou a ampliação e modernização juntamente com a adequação da Estação de Captação e Tratamento de Água (ETA) que abastece Carolina pela interferência do reservatório da UHE Estreito. Esta foi uma obra significativa que garantirá o suporte necessário no abastecimento de água da cidade durante 20 anos. Para tanto, foram construídos seis novos filtros e projetados, na planta da obra, mais seis para futura expansão do município. Além das construções e reformas realizadas em empreendimentos municipais, o CESTE também colaborou na elaboração das Leis Complementares ao Plano Diretor do Município de Carolina. De acordo com o Gerente de Relações Institucionais do CESTE, Isac Braz da Cunha, desde a implantação da UHE Estreito, o CESTE sempre buscou promover o desenvolvimento sustentável da região. “O CESTE sente-se honrado em ter contribuído e continuar apoiando de forma positiva no crescimento social e econômico de Carolina, atuando com responsabilidade, ética e respeito à cidadania”, ressalta.                              Projetos SociaisParalelamente às construções de obras civis e doação de benefícios, o CESTE vem desenvolvendo uma série de projetos sociais, culturais e ambientais no município. Entre esses projetos destacam-se o Usina de Cinema, o qual teve início em 2008, sendo renomeado para Cine CESTE, levando o cinema para toda a comunidade. Na sequencia do Usina de Cinema,  foi realizado o Usina Social, que também retornou em 2009 levando lazer e atendimentos na área de saúde e assistência social como emissão de documentos (CPF, RG, Carteira de Trabalho), atendimento odontológico, oftalmológico e médico à população do município, além de capacitações em cursos profissionalizantes através de parcerias com o Sesi e Senai. Adicionalmente, também se destaca, entre outros projetos sociais implantados pelo CESTE, o Caravana da Saúde, Educação Ambiental, Educação para a Saúde, Alfabetização solidária e Plano de Controle da Malária. Da mesma forma, foi implantado pelo CESTE o Plano de Marketing de Turismo Regional que objetiva divulgar e fomentar o potencial turístico dos municípios da área de abrangência da UHE Estreito, especificamente no Município de Carolina.  Impostos e compensação financeira A Usina Hidrelétrica Estreito também tem gerado para o Município de Carolina, desde sua implantação na região tocantina, uma rentável fonte de arrecadação financeira. Por meio do pagamento de impostos e da compensação financeira, a UHE Estreito já destinou até o momento mais de 4,5 milhões de reais.Em impostos e tributações geradas com a presença do empreendimento, o Município de Carolina, através do CESTE e suas contratadas, já arrecadou cerca de R$ 3,5 milhões.Quanto à compensação financeira mensal proveniente da utilização dos recursos hídricos com a implantação da UHE Estreito, Carolina recebe hoje, aproximadamente R$ 150 mil por mês, em média. Com a entrada em operação das 08(oito) unidades geradoras, este valor deverá alcançar aproximadamente R$ 200 mil por mês.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo