Siga nas redes sociais

Comunidades de Maruípe, Romão e Santo Antônio já preparam Autos da Paixão


Na Semana Santa, Vitória terá três encontros com a fé e a arte. As comunidades do Morro do Romão, da Grande Maruípe e de Santo Antônio se prepararam para a encenação dos Autos da Paixão de Cristo, que retratam a vida e a morte de Jesus.


Todos contam com o patrocínio da Lei Rubem Braga de Incentivo à Cultura e serão apresentados na sexta-feira da Paixão (06 de abril), a partir das 19h30.


As histórias, que são contadas por meio de teatro, dança e música, têm a participação de atores profissionais e das comunidades. E quem quiser participar de alguma das encenações, ainda dá tempo! Basta procurar os responsáveis.


Na comunidade do Morro do Romão, o diretor é George Henrique (9949-9620). Já no Horto de Maruípe, Verônica Gomes (9951-9601) responde pela produção. E, em Santo Antônio, a diretora do Auto da Paixão de Cristo é Márcia Gáudio (9994-2199).


Romão


Diretor do Auto da Paixão de Cristo do Romão, George Henrique, participa do espetáculo desde 1990. Ele, que também é ator, diz que as vagas para integrar o elenco estão abertas e que os ensaios já começaram. Haverá oficina de teatro, com Eliezer de Almeida, e, de dança, com Nilcélia Prates, que acontecerá no Cajun da localidade. A história encenada ao vivo possui cerca de 300 pessoas envolvidas diretamente, sendo de 180 a 200 pessoas da própria comunidade e seu público espectador é de, em média, 10 mil pessoas.


Maruípe


Verônica Gomes é diretora do Auto da Paixão de Cristo, no Horto de Maruípe, e já está começando a produção do espetáculo. O elenco escolhido fará uma oficina, neste mês, de cinco dias para participar da produção.


Neste ano, a novidade do auto estará na parte visual, que, de acordo com Verônica, será incrementada com uma maior atenção ao figurino e adereços, além de iluminação especial no local.


Marcos Salles


O Auto da Paixão de Cristo de Santo Antônio está em processo de criação e produzindo a parte conceitual do espetáculo, que também terá novidades


Ao todo, são 150 pessoas envolvidas na produção, entre técnicos, artistas e comunidade. A realização é do Centro de Cultura Guaananira, que promove projetos cênicos.


Santo Antônio


Márcia Gáudio, diretora do Auto da Paixão de Cristo de Santo Antônio, ainda está em processo de criação e produzindo a parte conceitual do espetáculo, que esse ano terá novidades na abertura e no final.


O auto apresenta 30 cenas além de duas aberturas que falam sobre a Campanha da Fraternidade, cujo tema deste ano é "Fraternidade e Saúde Pública".


O Auto da Paixão de Cristo de Santo Antônio, que acontece desde 1995, conta com, aproximadamente, 300 pessoas envolvidas e sua estimativa de público é de 10 mil pessoas. Os ensaios já começaram e ainda há vagas para a participação no elenco. As inscrições podem ser feitas até dia 11. Haverá oficinas de dança e canto para o elenco.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo