Siga nas redes sociais

Conselho Deliberativo do Sebrae aprova contas e Relatório de Gestão 2023

Fpto: Divulgação

O Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae Tocantins (CDE) aprovou, durante esta quarta-feira, 20, a prestação de contas e o Relatório de Gestão referentes ao exercício de 2023. Os conselheiros analisaram uma execução orçamentária de quase R$ 120 milhões, montante que além de ser um valor expressivo investido nas ações de apoio e desenvolvimento dos pequenos negócios, coloca o Sebrae como um agente transformador na economia do Estado.

A aprovação foi unânime, com base no documento apresentado pelo Conselho Fiscal que analisou o Relatório de Gestão, o parecer conclusivo da auditoria independente sobre as demonstrações contábeis, a posição patrimonial e financeira do Sebrae, o resultado das operações, as mutações de patrimônio social e dos fluxos de caixa.

Paulo Carneiro, presidente do Sebrae Tocantins, pontua que a instituição realizou em 2023 diversas ações estratégicas em todo Estado, que envolveram desde à inclusão produtiva à possibilidade de os empresários buscarem novos conhecimentos de mercado, realizassem práticas inovadoras, acesso ao crédito e formalização de seus negócios. “Uma das estratégias de atendimento do Sebrae no ano passado foi o Feirão do MEI, sucesso total, porque nestas intervenções os empreendedores tiveram a oportunidade de negociar suas dívidas e regularizar toda a situação do CNPJ, bem como, atendimentos nas mais diversas áreas de gestão”, acrescenta.

O gestor ainda destaca que o CDE tem ciência da importância de acompanhar a execução orçamentária mês a mês, com o staff do Conselho Fiscal, e esse compromisso está aliado à preocupação de fazer com que os recursos se transformem em benefícios para o desenvolvimento dos pequenos negócios do Tocantins. “Ao prestar contas de suas atividades e do uso dos recursos públicos e privados, o Conselho Deliberativo do Sebrae demonstra a transparência e compromisso em suas ações. Isso claro, promove a confiança do nosso público, incluindo empresários, parceiros, instituições públicas e privadas e a sociedade em geral”, finaliza.

A aprovação das Contas e do Relatório de Gestão segue agora para o Sebrae Nacional, o qual irá dar parecer final sobre o documento.

 

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo