Siga nas redes sociais

Corpo de Bombeiros Militar define novas estratégias para as buscas pelo menino Bruno Karajá

O comandante-geral do CBMTO, coronel Peterson de Queiroz Ornelas, reuniu-se na sexta-feira, 21, no Quartel do Comando Geral do CBMTO com representantes de todos os órgãos envolvidos nas buscas do menino Bruno Karajá, de 11 anos, que desapareceu na Ilha do Bananal no último dia 21. 

“Fizemos avaliação de como estão procedendo as buscas, traçamos novas estratégias devido às intensas chuvas na região  e organizamos a logística com o apoio do helicóptero que veio para Tocantins para auxiliar nas buscas. Todos os esforços estão sendo colocados para encontrar o menino Bruno”,  reforçou o comandante-geral do CBMTO, coronel Peterson de Queiroz Ornelas. 

Na manhã de sábado, 27, uma equipe de três militares do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO), e uma cadela especialista em buscas, se deslocou para a região por via terrestre para fazer o revezamento com a equipe que está no local. As chuvas na região estão intensas, mas os trabalhos de buscas continuam. No início da tarde o tempo limpou e o helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também retomou as buscas.

Participaram da reunião no CBMTO representantes do Grupamento Aéreo da Polícia Militar do Tocantins (Graer), Centro Integrado de Operações Aéreas do Tocantins (Ciopaer) , Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai),  Secretaria dos Povos Originários e Tradicionais (Sepot), Diretoria de Saúde Indigena. 

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo