Siga nas redes sociais

Educação de Gurupi recebe laboratório de informática e aparelhos celulares do projeto Escola Digital da Receita Federal

Fotos: Lino Vargas

A Prefeitura de Gurupi, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semeg), recebeu nesta terça-feira, 09, equipamentos de informática e aparelhos celulares doados pelo projeto Escola Digital, idealizado pela Delegacia da Receita Federal de Palmas, em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação – Undime Tocantins. Um laboratório de informática foi entregue na Escola Municipal Profª Ilsa Borges Vieira e os celulares serão entregues nas unidades escolares do Município.

Ao todo a Educação de Gurupi foi contemplada com o laboratório de informática com 25 computadores (TVs Box apreendidas em operações da Receita Federal convertidas em microcomputadores), além de 20 aparelhos celulares.

Idealizado pela DRF/Palmas, o Projeto Escola Digital visa promover a inclusão digital e a equidade no ensino, abrindo portas para o futuro de crianças e jovens do Tocantins. Com mais de 30 laboratórios implementados, a iniciativa já beneficiou 7.667 crianças da rede pública tocantinense. O objetivo é promover uma destinação sustentável desses equipamentos, convertendo-os em recursos educacionais valiosos. A Receita Federal do Brasil coordena a instalação das CPUs e a configuração de todos os equipamentos nos laboratórios.

A CGU é parceira por meio do projeto “Um por Todos e Todos Por Um! Pela Ética e Cidadania”, que desenvolve material pedagógico em parceria com o Instituto Maurício de Sousa, da Turma da Mônica, para levar conceitos sobre valores como ética, cidadania, participação social, autoestima e democracia aos alunos de forma lúdica.

A prefeita de Gurupi, Josi Nunes, destacou seu entusiasmo com mais uma parceria que resultou em benefícios para Gurupi. “Isso é fruto de mais uma parceria que fazemos com várias entidades para desenvolvermos melhor nosso trabalho em Gurupi, desta vez com a Receita Federal, a CGU e a Undime. É muito importante as crianças terem acesso a esse material tecnológico e pedagógico, o que vai contribuir com seu desenvolvimento educacional”, comentou.

O secretário Municipal de Educação, João Paulo Lima, ressalta que o projeto irá contribuir com a qualidade no ensino aos alunos e reforça que o objetivo é ampliar o projeto para mais escolas da rede municipal. “Uma iniciativa muito importante, pois sabemos da nossa realidade local onde muitos alunos não têm acesso a computadores e internet. Mas com esse laboratório, vamos proporcionar uma aprendizagem diferenciada a eles. Através dessa parceria, vamos buscar ampliar esse projeto para as demais escolas de Gurupi”, disse.

O delegado da Receita Federal, Ricardo Wagner, ressaltou a relevância da iniciativa. “Temos muito orgulho desse projeto, pois ele nasceu através do combate à criminalidade, ou seja, produtos que estavam entrando de forma irregular no nosso país, foram transformados em CPUs para serem utilizadas como laboratórios de informática. Isso mostra a grandiosidade do projeto, que tem transformado a vida e a realidade das crianças através do conhecimento”, comentou.

A aluna da Escola Municipal Profª Ilsa Borges Vieira, Maria Eduarda, de 12 anos, re

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo