Siga nas redes sociais

Empreende Araguaína gera oportunidades de acesso a linhas de crédito para vendedores da Via Lago

Fotos: Ricardo Sottero / Secom Araguaína

Keila Cristina e seu marido Wellington Barreto são donos do trenzinho de passeio que chama tanto a atenção das crianças e dos frequentadores da Via Lago. O casal fez parte do grupo de 35 empreendedores que participaram de uma reunião promovida pela Prefeitura de Araguaína para aproximar os vendedores da Afet (Agência de Fomento do Estado do Tocantins) e do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), entidades que oferecem linhas de crédito e apoio operacional para investimentos nos negócios. O encontro foi realizado nesta terça-feira, 5 de março.

“Achei muito interessante a reunião, pois não tínhamos conhecimento dos serviços disponíveis para nos ajudar. Foi esclarecedor para nós descobrirmos tantas informações novas, por isso agradeço o esforço da prefeitura em fortalecer o desenvolvimento dos nossos empreendimentos, especialmente com a instrução dessas linhas de crédito, algo que muitas pessoas desconhecem” disse Keila.

A reunião é mais uma ação do programa Empreende Araguaína, que atua junto aos vendedores ambulantes em três eixos principais: Regularização, Capacitação e Fomento. Os trabalhadores da Via Lago acompanharam as explicações dos representantes da Afeto e do Sebrae sobre as linhas de crédito disponíveis, os critérios para a contratação e a responsabilidade no uso do recurso.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente de Araguaína, Joaquim Quinta Neto, conduziu o encontro e lembrou que o Empreende Araguaína já está em operação desde o início da regularização dos ambulantes no calçadão da Via Lago. Os próximos passos serão o preparo dos trabalhadores para aproveitarem todo o potencial que a cidade pode oferecer.

“O programa capacita os empreendedores por meio de oficinas, treinamentos, palestras e cursos sobre gestão financeira, boas práticas no manuseio de alimentos e gestão do turismo. A ideia é que esses empreendedores se vejam como agentes turísticos da cidade e estejam preparados para oferecer uma experiência de qualidade aos turistas, promovendo cada vez mais atrativos”, explicou Joaquim.

Crédito para crescer

Os recursos disponíveis na Agência de Fomento são o ponto de partida para que os vendedores possam investir em seus negócios, profissionalizar e expandir as atividades. Ricardo Marques, assessor de negócios da Afet, ressaltou que a agência está preparada para atender os diversos tipos de demandas que possam surgir por parte dos empreendedores.

“Oferecemos linhas de crédito com as menores taxas do mercado, prazos estendidos e carências ampliadas para atender às necessidades dos empresários. Vamos fazer visitas ao comércio local e reuniões com empreendedores para buscar oportunidades de negócios e promover a geração de emprego e renda na cidade”, afirmou o assessor de negócios.

Em Araguaína, a Afeto realiza os atendimentos no É Pra Já, localizado na Avenida Cônego João Lima, no Entroncamento, das 7 às 19 horas.

Mais apoio para o empreendedor

O Sebrae também apresentou seu serviço de crédito orientado e assistido, uma ferramenta que visa ajudar os empreendedores a gerenciarem suas finanças de maneira consciente e eficiente. A plataforma digital e gratuita oferece aos empreendedores acesso a simuladores de empréstimos, análise de capacidade de pagamento e assessoria financeira.

“A preocupação é que o uso do crédito pode resultar em problemas futuros, por isso o nosso objetivo nessa reunião é que eles compreendam que o uso do recurso deve ser feito de forma orientada e assistida”, comentou Andressa Ibiapina, analista técnica do Sebrae.

De olho no futuro

Há cinco meses, o empreendedor Jorge Alves, de 21 anos, oferece aos frequentadores da Via Lago opções de comidas à base de camarão e já está empregando três pessoas. Para ele, o suporte oferecido pela Prefeitura de Araguaína está sendo fundamental para ele poder planejar um crescimento com segurança.

“Vejo a prefeitura muito empenhada em auxiliar o desenvolvimento dos nossos negócios, desde a regulamentação e organização do nosso local de trabalho e agora nesta instrução de crédito. Cada empresa tem uma carência e a instrução que recebemos durante essa reunião, juntamente com as opções que nos foram ofertadas, respondeu grande parte das minhas dúvidas”, contou Jorge.

Mais sobre o Empreende Araguaína

O programa tem como propósito principal apoiar o microempreendedorismo em diversos locais turísticos da cidade, como a Via Lago, o Parque Cimba, entre outros espaços, adaptando a infraestrutura pública para criar um ambiente de negócios seguro e atrativo para os empreendedores.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo