Siga nas redes sociais

Espetáculos musicais e desfile marcam encerramento da Flit Pedro Afonso


A passagem da Flit – Feira Literária do Tocantins – pelo município de Pedro Afonso vai deixar saudades. Nos três dias do evento a programação movimentou a região com cultura, arte, esportes e literatura.


No sábado, 02, a população compareceu em peso e foi presenteada com espetáculos de musicais, desfile sustentável, além do show do cantor Nando Cordel.


No início da noite, as autoridades se uniram aos pedroafonsinos para a homenagem ao escritor regional Manoel Messias Tavares. A estudante Rebecca Sales, de 11 anos, contou a trajetória do estudioso tocantinense em um monólogo emocionante.


A pequena, que estuda na Escola Estadual de Tempo Integral Comendador Pádua Fleury, mesma instituição onde Messias iniciou sua vida escolar há mais de 70 anos, falou também do orgulho da cidade pelo filho ilustre. Aos 83 anos, ele tem três livros lançados, dois em processo de edição em mente grandiosos projetos de incentivo à leitura.


“O livro sempre exerceu em mim um fascínio e o desejo de escrever acompanhou-me desde a infância. Eu me sinto lisonjeado em receber a homenagem na Feira Literária que é um evento histórico de extraordinária relevância. É merecedora de aplausos a iniciativa do Governador Siqueira Campos de realizar a Feira nos diversos municípios”, ressaltou Messias Tavares.


“O professor Messias saiu de Pedro Afonso com uma parte de um dicionário e hoje volta com uma enciclopédia inteira de cultura, política e exemplo de vida”, destacou o secretário Estadual da Educação, Danilo de Melo. “Esta foi uma escolha precisa. A Flit é que se sente homenageada em poder escolher essa pessoa que é a história viva do Tocantins”, completou o vice-governador, João Oliveira.


Sustentabilidade criativa


A noite foi estrelada ainda pelos alunos das escolas estaduais que deram um show de profissionalismo e criatividade enfocando tema da Feira: a sustentabilidade. Além das apresentações de coral, balé, o desfile do projeto Recriarte exibiu um novo conceito de moda criado pelos estudantes do Colégio Cristo Rei. Os modelos desenhados por Lucas Antônio foram confeccionados por ele e os colegas do 3° ano, utilizando como matéria prima material reciclável.


Papel, revista, garrafas pet e sacolas que iriam para o lixo foram transformados, com muito estilo, em saias, bolsas, chapéus. Com cerca de dois mil copos descartáveis tirados nas ruas eles criaram um glamuroso vestido de noiva com direito à calda e buquê. Com a moda extraída do lixo o talento tocantinense em nada deixou a desejar se comparados aos desfiles das grandes passarelas.


Quadrilheiros e Nando Cordel encerraram a festa

As cores e os passos ensaiados da quadrilha palmense, Pisada na Butina, encantaram o público com a performance “Duas Marias e um São João”. O grupo, que tem vários prêmios nas competições juninas do Tocantins e de outros estados, abriu o show do cantor Nando Cordel, que embalou a última noite da Flit.


Com três, dos sete filhos no palco, tão talentosos quanto ele, o pernambucano tocou de MPB, xote e forró. As músicas do compositor e instrumentista, gravadas por grandes nomes da música brasileira fizeram o público dançar. “Espumas ao vento”, fruto da parceria com Fagner, foi uma delas.


“Riacho do Navio”, do saudoso Luiz Gonzaga e “Você endoideceu meu coração” também estiveram no repertório do artista que fez sucesso com “É de dar água na boca”. Nando cordel tem 25 anos de carreira, 38 CDs lançados e mais de 700 músicas gravadas.


Para quem esteve em Pedro Afonso a descentralização da Flit foi considerada um momento histórico. “Eu nunca tinha imaginado que um evento dessa grandeza pudesse acontecer aqui na nossa região. Gostei muito das apresentações, das palestras e espero que todos os anos a Flit venha a nossa cidade trazendo para a população toda essa riqueza cultural e acesso a tantos livros que só poderiam ser apreciados nas grandes cidades”, avalia a educadora, Ana Paula Pedreira.


O próximo destino da Flit itinerante é o município de Colinas do Tocantins nos dias 07, 08 e 09 de junho. Tocantinópolis, Araguaína e Araguatins também sediarão a Feira Literária.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo