Siga nas redes sociais

Exército levanta dados para investimentos no Tocantins


Em atendimento ao convite realizado pelo Governador Siqueira Campos, no início deste mês, o General de Exército Joaquim Maia Brandão Júnior, chefe do Departamento de Engenharia e Construção do Exército, chegou a Palmas nesta manhã e ficará no Estado até esta terça-feira, 21, quando levantará dados para as possíveis parcerias entre Governo do Estado e Exército Brasileiro, dentre elas, a instalação de um Batalhão de Engenharia e Construção.

O Governador agradeceu a presença do General e afirmou que sempre lutou pela instalação do batalhão de engenharia e que o Estado está aberto a todos os questionamentos que o exército precisar para que a obra seja viabilizada e para quer outras parcerias sejam estabelecidas. “Temos pressa em organizar o Estado e temos avançado na desburocratização de licenças, como a ambiental, por exemplo. Isso tem aumentado o número de empreendimentos em nosso Estado e esperamos que a parceria com o Exército venha nos possibilitar a fazer mais obras”, afirmou o Siqueira Campos, acrescentando que há mais de um milhão de obras a ser feitas no Tocantins e que o Estado possui dinheiro e crédito junto às principais instituições financeiras do mundo, com o Banco Mundial, BNDEs – Banco Nacional do Desenvolvimento e o BIRD – Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento.

O general apresentou a equipe que o acompanha e afirmou que todos os detalhes serão observados e que o Exército sempre se preocupou em fazer obras que atendam a corporação e a toda a população. “Nosso objetivo é levar desenvolvimento e fazer logística no país e o pedido do Governador de trazer um batalhão de engenharia para o Estado juntou-se à necessidade que o Exército tem hoje de ter este batalhão. Portanto qualquer dado que levantarmos será importante para pensarmos estrategicamente nosso futuro no Tocantins. Pensamento este que já começamos na próxima quarta-feira, 22”, destacou.

Busca

Quando buscou parceria no Exercito, o Governador pediu além da instalação de um Batalhão de Engenharia e Construção no Estado, edificação de três hospitais, construção de cerca de 300 quilômetros de rodovias pavimentadas, realização de operação tapa-buracos e recapeamento em cerca de 1.000 quilômetros de rodovias, além de diversas outras obras civis.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo