Imprimir esta página

Panorama Tributário é tema de debate no 6º Fórum de Gestão Fiscal e Sped

Publicado em: Terça, 18 Setembro 2012 06:37 Escrito por
Avalie este item
(0 votos)


 O congresso contou com a participação de tributaristas renomados e superou as expectativas Considerado o maior evento do segmento na América Latina, o 6º Fórum de Gestão Fiscal e Sped reuniu, na última semana, mais de 400 executivos da área fiscal e tributária no Cenesp (Centro Empresarial de São Paulo). Divido em dois dias (11 e 12 de setembro), o destaque do encontro foi o painel de debate “Panorama Tributário no Brasil”, em que participaram os advogados tributaristas Dr. Abel Simão Amaro, Dr. Plinio José Marafon e Dr. Robson Maia Lins, o debate foi mediado por Mauricio Rodrigues Lima, gerente Tributário do Grupo Telefônica. Durante as discussões foram abordados temas como os impactos econômicos da guerra fiscal e tributária, o verdadeiro custo dos tributos, o futuro do Sistema Tributário Brasileiro e como o cenário fiscal afeta as organizações. De acordo com o Dr. Abel Simão, a simplificação na área tributária é possível. “Há possibilidade de reduzir os impostos e a quantidade deles sem reduzir necessariamente a arrecadação”. Na visão do Dr. Robson Maia, além da incerteza da regulamentação, a pior insegurança é a decorrente da decisão do puder judiciário de forma retroativa. “A retroatividade de uma decisão, seja qual for é muito maléfica. Se a gente conseguir barrar a retroatividade já é um grande passo”.SpedOutro debate mediado no encontro abordou assuntos ligados aos últimos cinco anos do Sped. A mesa foi composta por Juliana França Lourenço Zobaran, gerente Tributária do Anglo American, Antonio Teles de Medeiros, superintendente Fiscal do Bradesco Capitalização e Luciene Petroni, Tax Compliance Manager da General Motors. O mediador Emanuel Silva Franco Junior, coordenador do Projeto SPED Usiminas foi quem conduziu o debate de forma esclarecedora. Além disso, o tema apagão de talentos na área fiscal e tributária compôs um outro capítulo do evento. Durante o painel de debate, Henrique Bessa Dias,  Headhunter da Michael Page,  José Maurício Lopes da Silva , gerente Tributário da Time for Fun e Vicente Sevilha, sócio da Sevilha Contabilidade discutiram os desafios dos profissionais de tributos, o papel das instituições de ensino na formação de profissionais da área, a seleção e contratação e o que as empresas tem feito para reter seus talentos. De acordo com Henrique Bessa informação não falta para as universidades, elas sabem da importância e da complexidade tributária no Brasil. “Acho que falta um pouco de pró-atividade para entender que isso vai atrair novos profissionais e bons estudantes para a área”. Os profissionais que participaram do Fórum também puderam dividir experiências e conhecimentos através dos cases apresentados por empresas como Petrobras, Cinemark e Dupont.ConfebDe acordo com Henrique Gasperoni, diretor de Marketing do Confeb, as ações como o Fórum de Gestão Fiscal e Sped mostram que o Conselho ressalta pontos positivos e negativos pertinentes ao setor, atribuídos de suas respectivas soluções.  “Além do mais, o Conselho tem promovido ações educacionais que visam aprimorar e aprofundar os conhecimentos dos profissionais em questão”. O Confeb tem como objetivo promover a expansão de conhecimentos dos executivos que atuam no campo Fiscal e Tributário, por meio de programas educacionais. O ponto forte do Conselho está ligado diretamente ao conceito de ensino e dispõe de cursos práticos e especializados. Para saber mais e conhecer os cursos acesse o link www.confeb.org.br .


Compartilhar nas redes sociais
Portal Agora Tocantins

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mais recentes de Portal Agora Tocantins