Quinta, 15 Abril 2021

Telefone: 63 3214-1853 | Whatsapp: 63 98403-8418 | E-mail: [email protected]

Geral

UBES e UNE entram com ação para revisão das redações do Enem

Publicado em: Quarta, 07 Abril 2021 10:39 Escrito por Patrícia Larsen/Sara Puerta
Avalie este item
(0 votos)
Após notificarem o INEP/MEC e não obterem resposta clara, entidades estudantis acionam a justiça para exigir os espelhos da redação do Enem 2021 Créditos da imagem: Marcello Casal Jr./ABr Após notificarem o INEP/MEC e não obterem resposta clara, entidades estudantis acionam a justiça para exigir os espelhos da redação do Enem 2021

Na última segunda, 5 de abril, a União Brasileira dos Estudantes (UBES) e a União Nacional dos Estudantes (UNE) notificaram o Ministério da Educação solicitando esclarecimentos sobre os resultados das redações do Enem. Nesta terça, 6 de abril, o MEC divulgou um parecer no qual explica que as notas das redações foram atribuídas aos respectivos autores de forma correta. Porém, o órgão ainda não apontou com transparência os critérios utilizados para a correção.

Após a emissão desse parecer pelo MEC, as entidades entraram com ação na Vara Federal de Brasília reivindicando a divulgação dos espelhos das redações e a extensão do prazo de inscrições para o SISU enquanto essa liberação não aconteça.

Nessa ação, as entidades relatam uma divergência de informações que vem intrigando os candidatos. De acordo com o INEP, do total de 2.723.583 redações corrigidas, apenas 28 conseguiram a nota máxima na redação. Além disso, esse dado representa uma queda de 43% em relação a 2019, quando 53 pessoas atingiram a marca. Em 2018, foram 55.

“Além do possível equívoco na correção das redações dos candidatos, outra hipótese aventada para justificar a diferença entre as notas é a alteração no padrão de correção, uma vez que, nesse ano, o tempo para correção das redações foi menor do que em outras edições”, cita a ação da justiça.

A UBES e a UNE exigem uma posição do governo com total transparência em relação à correção das redações. As entidades entendem que as notas do Enem são fundamentais para o futuro do estudante brasileiro, principalmente dos mais vulneráveis economicamente.

Compartilhar nas redes sociais

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Notícias em destaque

O Portal Agora-TO é um site de notícias voltado para a divulgação de informações do Tocantins e do Brasil e é editado sob a responsabilidade da Moara Comunicação Ltda, empresa sucessora da Dias e Vallim Ltda., com 21 anos de experiência na área de comunicação e jornalismo.

Newsletter

Cadastre-se em nosso Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias e novidades do Agora Tocantins.

Fique tranquilo, seu e-mail estará 100% protegido. Odiamos spam!