Siga nas redes sociais

Goiás Social realiza capacitações sobre políticas públicas para crianças e adolescentes

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), e em convênio com a Unesco, realiza a segunda etapa das capacitações para implementação e gestão de políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes. As capacitações seguem nos próximos dias com encontros regionais em Rio Verde (25 e 26 de janeiro), Planaltina (29 e 30 de janeiro) e Luziânia (1º e 2 de fevereiro).

 

Alto Paraíso de Goiás, Alvorada do Norte e Trindade receberam os primeiros encontros promovidos pelo Goiás Social nas duas primeiras semanas de 2024. Os tópicos das capacitações incluem mediação de conflitos, prevenção de violência, implementação de cultura de paz nas escolas e comunidades, implementação do Comitê de Participação de Adolescentes (CPA) nos municípios, utilização do Sistema para Informação da Infância e Adolescência (Sipia) e orientação para captação de recursos para o Fundo da Infância e Adolescência (FIA).

 

Para o titular da Seds, Wellington Matos, a qualificação dos profissionais que atuam diretamente na construção de políticas públicas, prevenção de problemas, soluções de conflitos e construção de um ambiente social saudável para crianças e adolescentes é uma pauta prioritária do Goiás Social. “Buscamos a assessoria de quem conhece todas as suas camadas e tem notável experiência para realizar esse trabalho”, afirma.

 

O superintendente da Criança, Adolescente e Juventude da Seds, Ricardo Costa, reforça a importância da união na atuação de todos os representantes em defesa de políticas públicas para crianças e adolescentes. Não há como atuar em defesa das crianças e adolescentes se cada um ficar em seu espaço e não conversarmos entre nós”, completa. Já a representante do CPA, Rayssa Rodrigues, potencializa a relevância do treinamento em todo o estado. “É um treinamento que atende todos os municípios e traz a importância de cada criança e adolescente, reforçando nossos direitos como prioridade absoluta”, destaca.

 

As capacitações começaram no final de novembro de 2023, com encontros regionais em Silvânia, Itumbiara, Porangatu, Uruaçu, Jataí e Portelândia. Entre os participantes das formações, estão gestores públicos da assistência social, conselheiros tutelares, conselheiros municipais dos direitos da criança e do adolescente, gestores da área da educação, comarcas, além de toda rede de proteção da criança e lideranças juvenis.

 

 

 

Fonte: Tribuna do Planalto

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo