Domingo, 24 Outubro 2021

Telefone: 63 3214-1853 | Whatsapp: 63 98403-8418 | E-mail: [email protected]

Goiás

Alunos de Senador Canedo participam de programa de Educação Financeira

Publicado em: Terça, 14 Setembro 2021 16:19 Escrito por Redação
Avalie este item
(0 votos)
O programa é uma iniciativa do Banco do Brasil e atende estudantes do 5º,7º e 9º ano de duas escolas do município O programa é uma iniciativa do Banco do Brasil e atende estudantes do 5º,7º e 9º ano de duas escolas do município

A Secretaria de Educação de Senador Canedo está participando do programa Aprender Valor, do Banco Central do Brasil, que inclui educação financeira na educação dos alunos do ensino fundamental. São crianças e pré-adolescentes, que estão tendo a oportunidade de aprender um pouco mais sobre economia, consumo, crédito e outros assuntos relacionados à gestão de finanças.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Marcelo Costa, a escola precisa se adequar a uma nova realidade, onde não é suficiente ensinar apenas as matérias tradicionais, mas que é necessário uma visão mais ampla do ensino, inclusive envolvendo a família e a sociedade. “A ideia é que a gente consiga trabalhar com nossos alunos essa parte da educação financeira, que é tão importante. O Banco do Brasil tem um programa muito interessantes, que tem a ver com a capacitação dos professores, para trabalhar esse tema em todas as disciplinas, e as escolas se tornam uma unidade que acaba ensinado também os pais e a comunidade. A ideia é que a gente não ensine apenas português e matemática, mas que além do quadro e do giz o aluno aprenda ferramentas para a cidadania. Hoje em dia não é só saber ler e escrever”, explica o secretário.

Para o prefeito de Senador Canedo, Fernando Pellozo, o programa dá orgulho para a cidade e para a população. “Posso falar por mim e por todos de Senador Canedo, que é um orgulho ver alunos do ensino fundamental participando de um programa de gestão financeira, em um ano que bateu recorde de brasileiros endividados em relação aos últimos anos. Nós sabemos a importância das disciplinas como a matemática, o português e todas as outras, mas incluir assuntos como economia, investimento, poupança e tantos outros assuntos financeiros é um grande avanço para o futuro dos nossos jovens. Queremos ver nossos alunos pensando fora da caixa e conquistando grandes sonhos”, disse.

Inicialmente, duas escolas da rede municipal de ensino participaram das atividades. Escola Municipal Izabel de Matos, na região Central da cidade e a Escola Municipal Clarinda Rodrigues, região do Jardim das Oliveiras. “Fizemos a implantação de forma piloto em duas instituições de ensino, mas já no ano que vem temos o planejamento para colocar em demais unidades”, destaca a coordenadora do programa em Senador Canedo, Sâmella Santos.

Os alunos com idade entre 10 e 17 anos, têm a oportunidade de aprender conteúdos relacionados a poupança ativa, investimentos, além de trabalhar de forma contextualizada assuntos financeiros diversos, e demais habilidades contextualizadas na Matemática, Língua Portuguesa e Ciências Humanas. “O que a gente quer e garantir que os nossos alunos em Senador Canedo estejam preparados para esse futuro que vem aí, e a educação financeira é uma realidade no nosso país”, comenta Marcelo.

Entre os participantes está o aluno Kauã Chrystian da Silva Cunha, 13 anos, da Escola Municipal Izabel de Matos. Ele vê as aulas de Educação Financeira como uma oportunidade para a vida. “É algo que eu posso contar para meu futuro, em saber quais ações eu posso tomar para enfrentar uma dificuldade caso eu possa ter”, destaca.

Com a temática “Educação Financeira para Multiplicar Sonhos”, os conteúdos do Aprender Valor estimulam os alunos para uma cidadania financeira. Assuntos como planejamento, o ato de poupar e o uso consciente de crédito são passados, principalmente no estímulo do uso correto do “ato de consumo”. Valores como democratização do sistema financeiro, e suas ações, autonomia financeira e sustentabilidade são levados a professores e alunos, tornando assim multiplicadores. “Tudo funciona de modo transversal. A gente não muda o currículo, que é nacional, mas cada disciplina tem possibilidade de trabalhar educação financeira em determinado momento. Por isso que a gente capacita os professores”, disse o secretário Marcelo Costa.

Com a Pandemia, as atividades foram pensadas em um formato híbrido. Aulas e avaliações ocorrem tanto no formato on-line quanto no presencial. Neste último caso, todas as ações sempre foram pensadas de acordo com os protocolos sanitários.

Compartilhar nas redes sociais

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Notícias em destaque

O Portal Agora-TO é um site de notícias voltado para a divulgação de informações do Tocantins e do Brasil e é editado sob a responsabilidade da Moara Comunicação Ltda, empresa sucessora da Dias e Vallim Ltda., com 21 anos de experiência na área de comunicação e jornalismo.

Newsletter

Cadastre-se em nosso Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias e novidades do Agora Tocantins.

Fique tranquilo, seu e-mail estará 100% protegido. Odiamos spam!