Siga nas redes sociais

Governador do Tocantins muda estrutura administrativa e nomeia novos gestores


 


Na ultima segunda-feira,13, no Palácio Araguaia, o governador Siqueira Campos, deu posse a três novos secretários e trouxe algumas mudanças na estrutura administrativa do Governo.


Na ocasião,  Francisco Martins de Araújo Neto assumiu a Secretaria do Planejamento e Modernização da Gestão pública, pasta que antes era administrada por Vanda Paiva. Já para a Secretaria da Fazenda, como  Subsecretário da Receita, o governador  deu posse a Marcelo Olimpio Carneiro Tavares. Vanda Paiva, assumiu a Secretaria de Gestão Hospitalar, cargo criado na Secretaria da Saúde.


O governador Siqueira Campos garantiu que os novos secretários irão contribuir na otimização da gestão pública. “A transversalidade ajuda a gestão pública e é assim que estamos trabalhando”, disse ele, citando ainda que em seu novo cargo, Vanda Paiva, irá desempenhar “muito bem a função na gestão hospitalar do Estado a fim de garantir sucesso ao serviço”.


De acordo com Vanda Paiva, uma das primeiras medidas de sua gestão é fazer um planejamento da saúde pública na intenção de englobar todas as unidades hospitalares do Tocantins. “Vamos trabalhar a ponto de atender os pacientes nas unidades de saúde do interior, vamos buscar parcerias para garantir a qualidade dos serviços. O nosso objetivo é fazer com que o HGPP receba apenas os casos graves”, ressaltou a secretária.


O secretario de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos, deu as boas vindas aos novos gestores e destacou a luta do Governo em busca de recursos para garantir  a qualidade da saúde pública e dos demais segmentos econômicos do Estado. “Nós temos buscado reparar dificuldades através da busca de empréstimos internacionais e através de projetos que são apresentados junto ao BNDES”, disse ele, destacando ainda que,  o Tocantins tem recebido pacientes dos Estados vizinho. “Temos que discutir com a União essa questão, temos que discutir o pacto Federativo e até mesmo os Royaltys do petróleo, não podemos sair prejudicados com isso”, completou o gestor.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo