Siga nas redes sociais

Governo antecipa pagamento do 13º de aposentados e pensionistas

Foto: Divulgação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou um decreto antecipando o pagamento do 13º para segurados e dependentes da Previdência Social. A medida, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, contemplará aqueles que receberam, em 2024, benefícios como auxílio por incapacidade temporária, auxílio-acidente, aposentadoria, pensão por morte ou auxílio-reclusão.

O pagamento será dividido em duas parcelas: a primeira, correspondente a 50% do benefício devido no mês de abril, será depositada junto com os benefícios dessa competência, entre os cinco últimos dias úteis de abril e os cinco primeiros dias úteis de maio. Já a segunda parcela será a diferença entre o valor total do abono anual e o adiantamento, e será paga junto com os benefícios do mês de maio, entre os cinco últimos dias úteis de maio e os cinco primeiros dias úteis de junho.

Em caso de cessação do benefício antes de 31 de dezembro de 2024, será pago o valor proporcional do abono anual.

A antecipação do 13º do INSS tem sido uma estratégia adotada pelo governo nos últimos anos para estimular a economia. Cerca de 33 milhões de beneficiários devem receber o repasse, o que injetará aproximadamente R$ 66 bilhões na economia no primeiro semestre.

É importante destacar que aposentados e deficientes de baixa renda que recebem benefício assistencial, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), não têm direito à gratificação.

 

Fonte: Tribuna do Planalto

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo