Siga nas redes sociais

Governo do Tocantins celebra mulheres cientistas com lançamento do edital Rosas da Ciência

Foto: Antônio Gonçalves/Governo do Tocantins

Na ultima terça-feira, 12, o Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (FAPT), promoveu a 2ª edição do Café Mulheres na Ciência. O evento, realizado na sala de reuniões do Palácio Araguaia Governador José Wilson Siqueira Campos, reuniu mais de 80 pesquisadoras tocantinenses, destacando o papel fundamental das mulheres na comunidade científica, tecnológica e inovadora do estado.

O evento foi um marco em alusão ao mês das mulheres, buscando não apenas reconhecer a contribuição delas na ciência, mas, também, alinhar estratégias para garantir acesso pleno e igualitário às oportunidades.

Mulheres na Ciência

Segundo relatório de 2023 feito pela Unesco sobre mulheres na ciência, 33,3% é a porcentagem média global de pesquisadoras, sendo que apenas 35% dos cientistas nas áreas de Tecnologia, Engenharia e Matemática são mulheres.

No Brasil, de acordo com o CNPq, as mulheres constituem 43,7% das pesquisadoras. Em 2022, somente 27% dos que recebiam bolsa produtividade eram mulheres. Já no Tocantins, em 2023, mais de 46% dos pesquisadores apoiados pela Fapt são mulheres, um percentual que supera os totais nacional e mundial.

Edital Rosas da Ciência

Durante o 2º Café Mulheres na Ciência, foi lançado o edital “Rosas da Ciência”, fruto da parceria entre a FAPT e a Secretaria da Mulher, no valor de R$ 500 mil. Esse edital tem como objetivo estimular a pluralidade, diversidade e internacionalização por meio do fomento a projetos de pesquisa científica e tecnológica coordenados exclusivamente por mulheres em diversas áreas do conhecimento.

O edital visa financiar 10 propostas no valor máximo de R$ 50 mil para cada proponente. Além de promover a equidade de gênero, o edital busca estimular o desenvolvimento de pesquisas lideradas por mulheres no Tocantins, incentivar a consolidação de pesquisadoras nas instituições de ensino superior locais e contribuir para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do estado.

A presidente da Fapt, Germana Pires, durante o evento, ressaltou as adversidades enfrentadas pelas mulheres pesquisadoras e destacou a importância de assegurar um futuro promissor para elas.

“O projeto que o Estado de Tocantins lança hoje é uma iniciativa que tem por objetivo incentivar e fomentar a participação de mais mulheres na ciência, tecnologia e inovação. A nossa meta é tentar minimizar as desigualdades existentes entre gêneros dentro desse ambiente da pesquisa, no qual a grande maioria é mulher, mas, em contraponto, nós temos uma minoria de mulheres que conseguem receber recursos, fomentos para o desenvolvimento das suas pesquisas. Para além dessa questão do acesso, as mulheres que conseguem desenvolver suas pesquisas ainda passam por uma sobrecarga de trabalhos, com duplas, triplas jornadas. E, por isso, o primeiro edital da Fapt em 2024 é o ‘Rosas da Ciência’ voltado para mulheres em parceria com a Secretaria da Mulher”, reforçou Germana Pires.

Este evento e o lançamento do edital “Rosas da Ciência” refletem o compromisso do Governo em promover a participação ativa das mulheres na ciência, estimulando a produção de conhecimento e impulsionando o desenvolvimento do Estado. “A gente percebe que o Governo está enxergando as mulheres e suas potencialidades, e para a Secretaria da Mulher fazer essa parceria com a Fundação é muito importante para o Estado, para o próprio Governo e, principalmente, para as meninas e mulheres pesquisadoras,” pontuou a secretária-executiva da Secretaria da Mulher, Warner Pires.

Inscrições

As inscrições para concorrer às bolsas de pesquisa poderão ser realizadas até o dia 30/04, através do e-mail rosasdaciencia.fapt@tecnologia.to.gov.br.

O assunto do e-mail de inscrição deverá ser “EDITAL FAPT N 0
01/2024 ROSAS DA CIÊNCIA”.

O resultado final para concessão das bolsas será divulgado no site da Fapt (www.fapt.to.gov.br) no dia 18/06.

Confira aqui o edital.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo