Siga nas redes sociais

Homem investigado por feminicídio é procurado pela Polícia Civil do Tocantins

Foto: DICOM SSP-TO

Com mandado de prisão em aberto, Moacy Barbosa Alves, de 48 anos, apontado como sendo o principal suspeito de matar a própria companheira, Nely da Silva, em Araguatins, no mês de março do corrente ano, está sendo procurado pela Polícia Civil do Tocantins. Informações que possam levar ao paradeiro e a captura do suspeito podem ser repassadas à 1ª Delegacia de Atendimento a Mulher e Vulneráveis (DEAMV – Araguatins), por meio dos telefones (63) 99124-3664 e (63) 98118-9091.

Conforme explica o delegado Eduardo Morais Artiaga, titular da 1ª DEAMV, o crime ocorreu no dia 2 de março de 2024, por volta das 22h, na residência do casal, localizada na Vila Madalena, em Araguatins. Segundo apontam as investigações, Moacy e Nely já tinham um relacionamento bastante desgastado e conturbado sendo que poucos dias antes do fato, Moacy havia agredido fisicamente e ameaçado de morte a vítima. Após essa briga, Nely informou sua irmã do ocorrido e disse “se eu aparecer machucada ou morta foi ele quem me matou”.

No dia do crime, o casal iniciou outra discussão que acabou resultando na morte de Nely. Apurou-se que a vítima foi esfaqueada por Moacy e foi a óbito. Neste ínterim, vizinhos ouviram gritos e pedidos de socorro e foram ao local, momento em que o representado se evadiu da residência e tomou rumo ignorado.

“Logo após tomar conhecimento do crime, a Polícia Civil deu início às investigações, e identificou Moacy como sendo o autor do crime. Desse modo, representamos pela prisão do indivíduo, pleito que foi deferido pelo Poder Judiciário. Assim, a Polícia Civil do Tocantins, por meio da 1ª DEAMV de Araguatins solicita a ajuda da população para que colabore com informações que nos auxiliem a localizar e prender o feminicida”, destaca o delegado Eduardo Artiaga.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo