Siga nas redes sociais

Homicida foragido do Estado do Maranhão é preso pela Polícia Civil em Araguaína

Foto: Divulgação

Um indivíduo de iniciais R.L.R., de 42 anos, que é investigado pelo crime de homicídio no município de Peritoró (MA), foi preso pela Polícia Civil do Tocantins, por meio de ação realizada na tarde desta segunda-feira, 4, pela 2ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP – Araguaína).

O delegado Breno Eduardo Campos Alves informou que a captura de R.L.R se deu em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Coroatá (MA), após compartilhamento de informação com a Polícia Civil do Estado do Maranhão.

“Após trabalho investigativo, conseguimos localizar o indivíduo no Setor Monte Sinai e depois de efetuar um cerco no imóvel onde ele se encontrava, realizamos a captura do mesmo, que estava foragido desde o ano de 2022”, disse o delegado.

O crime

Conforme apurado durante as investigações, na noite do dia 2 de julho de 2022, no distrito de Peritoró dos Pretos, R.L.R. após discussão com seu cunhado por causa da educação de seus sobrinhos, deferiu dois golpes de faca que atingiram o peito da vítima Raimundo Nonato Pereira da Silva,  que não resistiu a gravidade dos ferimentos e foi óbito no local. Em seguida, o autor fugiu e não foi mais encontrado.

Prisão no Tocantins

Depois de intenso trabalho de investigação, o homem foi encontrado e preso em Araguaína, nesta segunda-feira, no Setor Monte Sinai.

Após a captura, ele foi conduzido até a 5ª Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguaína, onde foi ratificada a voz de prisão e dado cumprimento a mandado judicial.

Depois de realizados os procedimentos legais cabíveis, o indivíduo foi recolhido à Unidade Penal de Araguaína, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário do Estado do Maranhão, devendo ser recambiado em breve para aquele estado.

“A prisão desse indivíduo é de grande valia para a Polícia Civil, pois o crime em tese, praticado por ele, é de extrema gravidade e foi cometido por motivo fútil, no âmbito de uma discussão em que atacou a vítima, seu próprio cunhado, a golpes de faca, simplesmente por não concordar com os argumentos que estavam sendo debatidos. Desse modo, a Polícia Civil do Tocantins, com apoio da PC-MA, agiu com celeridade e eficiência, localizando o homem em Araguaína para que ele possa responder judicialmente pelo crime do qual é acusado”, disse o delegado.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo