Siga nas redes sociais

Julgamento do mensalão pode representar início de mudança da cultura de impunidade


 


 


O líder do PSDB na Câmara, Bruno Araújo (PE), foi à tribuna para destacar a importância do julgamento dos réus do escândalo do mensalão, que começa nesta quinta-feira (2) no Supremo Tribunal Federal.


Para o tucano, a decisão do STF pode representar o início de uma mudança de cultura que há séculos impera no país: a da impunidade e a de que poderosos não são julgados da forma como deveriam. O tucano também reafirmou a confiança do partido no Supremo e o respeito à posição que será tomada pelos ministros da mais alta Corte do país.


De acordo com Araújo, a nação se prepara para acompanhar a partir de hoje um acontecimento especial. “O início do julgamento do mensalão nada mais é do que a crença de gerações que ajudaram a preparar o país para fortalecer e amadurecer o sistema democrático”, apontou.


O tucano relatou o andamento institucional do processo que agora culmina na decisão dos magistrados, passando desde a instalação da CPI dos Correios e ao envio ao Ministério Público do relatório da comissão de inquérito até o julgamento político de deputados supostamente envolvidos no esquema criminoso. O líder lembrou ainda que não houve qualquer contestação de que o Supremo não respeitou o mais amplo direito de defesa.


Qualquer que seja o veredito, nós avançamos e concretizamos um importante momento da democracia brasileira”, reiterou o líder do PSDB. Ele destacou que parlamentares de legendas da oposição assistirão juntos na Câmara ao início dos trabalhos, previsto para as 14h. “O início deste julgamento é a sinalização de que o Brasil dá para si mesmo e para o mundo de que as instituições estão funcionando e vão cumprir este papel”, reiterou o deputado.


 


 

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo