Siga nas redes sociais

Mais de 20 milhões de declarações do imposto de renda já foram entregues

Foto: Divulgação

A data limite para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2024 se aproxima. Os contribuintes brasileiros têm até o dia 31 de maio para cumprir com suas obrigações fiscais junto a Receita Federal (RF). Neste ano, uma das principais mudanças nas regras do imposto merece destaque: a elevação da faixa de isenção, que passou de R$ 2.640,00 para R$ 2.824,00. Essa alteração impacta diretamente a vida de pelo menos 15,8 milhões de pessoas, segundo informações divulgadas pela própria RF.

Até o momento, já foram entregues mais de 20 milhões de declarações do imposto de renda. Entretanto, a expectativa é de que esse número cresça consideravelmente até o término do prazo, estimando-se a entrega de aproximadamente 43 milhões de declarações. Diante desse cenário, a recomendação é que os contribuintes não deixem para a última hora, evitando possíveis transtornos e multas por atraso na entrega.

Thyago Andrade, especialista contábil da Pactus Contabilidade, ressalta a importância de não procrastinar a entrega da declaração. “Deixar para a última hora pode aumentar o risco de cometer erros ou omissões que podem fazer o contribuinte cair na malha fina e gerar problemas futuros com a Receita Federal. Além disso, a antecipação permite mais tempo para reunir todos os documentos necessários e buscar orientação profissional, caso necessário”, afirma Andrade.

Vale destacar que a não declaração do Imposto de Renda dentro do prazo estipulado pode acarretar em diversas consequências para o contribuinte. Entre elas, estão multas que variam de acordo com o tempo de atraso e a omissão de informações, além da impossibilidade de obter certidões negativas, o que pode dificultar a participação em licitações, obtenção de empréstimos e até mesmo a regularização da situação fiscal junto a outros órgãos públicos.

Portanto, diante das mudanças nas regras do imposto de renda e do prazo cada vez mais próximo, é fundamental que os contribuintes se organizem para acertar as contas com o leão dentro do prazo estipulado, garantindo assim uma declaração correta e sem complicações.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo