Siga nas redes sociais

Marconi quer Goiás em primeiro lugar no Ideb .


O governador Mar­coni Perillo exortou os representantes da educação goiana a continuarem com as práticas de incentivo aos alunos, que são solidificadas pelo programa Pacto Pela Educa­ção, e desafiou-os a alcançarem números ainda maiores nos próximos anos. Ele ga­ra­n­tiu a continuidade das ações de valorização dos professores e alunos.

A conclamação foi feita durante encontro com diretores de 42 unidades educacionais da rede pública, subsecretários regionais de Educação e diretores dos Núcleos Pedagó­gicos das subsecretarias que obtiveram melhor desempenho na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educa­ção Básica (Ideb) de 2011. A reunião aconteceu no restaurante Lancaster Grill.

Comemorando os indicadores da educação básica, o governador lançou um desafio aos educadores: “Se fomos capazes de crescer do 8º para o 5º lugar na primeira fase do Ensino Fundamental, ou seja, se crescemos três posições, por que não brigarmos para crescer mais quatro no próximo ano, para chegarmos ao primeiro?”

“Na segunda fase do Ensino Fundamental, saltamos do 15º para o 6º, crescemos nove posições. Em relação ao Ensino Médio, crescemos onze posições. Se crescemos onze, com certeza temos força, determinação e vontade para chegarmos ao primeiro, crescendo só mais quatro”, estimulou.

Ao discursar, Marconi dis­se que a reunião foi a forma encontrada por ele e pelo se­cretário de Educação, Thiago Peixoto, de registrar a alegria com os resultados que “juntos alcançamos no último Ideb”. Disse que o resultado do programa, que mede o índice de desenvolvimento das escolas, é a resposta mais contundente aos que não acreditaram que a educação goiana sofreria mudanças qualitativas neste ano.

“Este é, sem dúvida, o melhor meio de provarmos à sociedade o compromisso que temos, juntos, com a educação”, disse Marconi. “É impre­s­sionante o quanto fui cumprimentado por colegas governadores nos últimos dias, por ministros, grandes empresários e intelectuais, por conta exatamente deste desempenho nosso”, afirma. “Às vezes não ima­ginamos o quanto um avanço como este chama a atenção de todos, especialmente daqueles que torcem por um Brasil mais dinâmico e mais justo”, declarou.

Marconi e Thiago Peixoto falaram da necessidade de continuar a trabalhar as metas do Pacto Pela Educação, incorporando novos desafios. Uma das metas para o próximo ano é aumentar o número de estudantes beneficiados pelo Poupança Aluno que, este ano, beneficiou quatro mil estudantes da rede estadual de ensino com R$ 1.000. Para 2013, o objetivo é atender 10 mil com o programa.  “O que nós queremos é a continuidade da valorização do professor, a melhoria da rede física, com aquisição de ar condicionado para 600 escolas, de laptop para alunos de 400 escolas”, reforçou.


Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo