Sábado, 02 Julho 2022

Telefone: 63 3214-1853 | Whatsapp: 63 98403-8418 | E-mail: [email protected]

Municípios

Uso de máscaras em Araguaína volta a ser obrigatório. Justiça determina suspensão de Decreto Municipal

Publicado em: Terça, 30 Novembro 2021 11:45 Escrito por Gisele França
Avalie este item
(0 votos)
Justiça determina suspensão de decreto e uso de máscaras em Araguaína volta a ser obrigatório Créditos da imagem: Reprodução Justiça determina suspensão de decreto e uso de máscaras em Araguaína volta a ser obrigatório

O Município de Araguaína, a 368 km de Palmas, terá que retornar o uso obrigatório da máscara de proteção contra a covid-19. É o que determina a Justiça em decisão proferida nessa segunda-feira, 29, em Ação Civil Pública da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) e do Ministério Público do Tocantins (MPTO). Com isso, está suspendo o Decreto Municipal nº 082/2021, que tornava o uso do item de proteção como facultativo.

 

A Decisão levou em conta o argumento da DPE-TO e MPTO de que o Decreto havia sido editado sem a realização de nenhum estudo técnico/científico preliminar por parte da Secretaria Municipal de Saúde de Araguaína, tendo considerado apenas a relação entre os números de casos de pessoas e da vacinação na Cidade.

 

Para a Justiça, “infelizmente não podemos deixar de cogitar o perigo de impactos negativos que tal flexibilização pode acarretar à Cidade de Araguaína e região – principalmente diante da inexistência de estudos técnico-científicos”, destaca o juízo.

 

Outra preocupação apontada é o surgimento da nova variante Ômicron. “A preocupação mundial e nacional com a notícia do surgimento dessa nova variante só reforça o posicionamento ora adotado no sentido de que qualquer medida de flexibilização deve ser adotada mediante a realização de estudos técnicos, bem como ser baseada em evidência de cunho científico, uma vez que ainda não sabemos o que estar por vir”, reforça a Vara de Execuções Fiscais e Ações de Saúde Pública de Araguaína.

 

O Município de Araguaína tem um prazo de 30 dias para contestar a decisão.

Compartilhar nas redes sociais

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Notícias em destaque

O Portal Agora-TO é um site de notícias voltado para a divulgação de informações do Tocantins e do Brasil e é editado sob a responsabilidade da Moara Comunicação Ltda, empresa sucessora da Dias e Vallim Ltda., com 23 anos de experiência na área de comunicação e jornalismo.

Newsletter

Cadastre-se em nosso Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias e novidades do Agora Tocantins.

Fique tranquilo, seu e-mail estará 100% protegido. Odiamos spam!