Siga nas redes sociais

O ministro Aldo Rebelo abriu o Fórum Nacional dos Secretários e Gestores Estaduais de Esporte e Lazer em Palmas


Em Palmas para participar do Fórum Nacional dos Secretários e Gestores Estaduais de Esporte e Lazer, que acontece nesta sexta-feira, 25, no Palácio Araguaia, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, anunciou que o Ministério fará todos os esforços para agilizar os projetos e programas junto com a Sejuves – Secretaria da Juventude e dos Esportes do Tocantins, que tenham participação do órgão. Entre as ações em parceria, Aldo Rebelo destacou os programas Segundo Tempo, Bolsa Atleta, os Jogos dos Povos Indígenas e o programa Tocantins Olímpico.


Os esforços para apoiar o Estado, segundo o ministro, se dão pelo fato da política nacional do esporte ser uma responsabilidade do Governo Federal, dos Estados e das prefeituras. “É esta nacionalização de ações que procuramos não somente partilhar, mas acertar no Fórum Nacional dos Secretários Estadual do Esporte, que realizamos agora no Tocantins. As iniciativas, projetos e compromissos são aqui formados e as responsabilidades são distribuídas e creio que fazemos deste fórum não só momento de discussão, mas de negociação do que é melhor para o esporte, como potencializar a copa de 2014 e as olimpíadas de 2016 e como fazer deles eventos que levem desenvolvimento para todo o país”, afirmou.


Sobre a participação do Tocantins nos dois grandes eventos esportivos que acontecerão no Brasil nos próximos anos, Aldo Rebelo explicou como poderá acontecer. “No caso das Olimpíadas, temos um projeto de nacionalização dos benefícios olímpicos para o Brasil, com o fortalecimento de centros de treinamento, compra de equipamentos e acolhimento de atletas no Bolsa Atleta e no Bolsa Técnico, em todos os estados. Este legado deve ser para todos estados, que devem fazer esforço para o projeto Medalha 2016. Quanto à Copa, temos duas cidades do Tocantins, Palmas e Araguaína, que se candidatam a receber as federações durante o evento. O Governo Federal apoia e incentiva, com a ressalva de que a escolha é da Fifa e das seleções classificadas para a copa”, ressaltou.


Para o Governador em exercício João Oliveira, “o Fórum é motivo de satisfação por ver a articulação do nosso secretário Olyntho Neto e nos orgulha muito receber todos os secretários, pois o Tocantins está inserido como pólo de desenvolvimento e articulação das ações deste setor”, afirmou, acrescentando que “vamos também convocar o empresariado e as prefeituras para que possamos ocupar cada vez mais nossa juventude”.


O titular da Sejuves, Olyntho Neto, falou que o Fórum é uma oportunidade de mostrar o potencial tocantinense a todo o país. “Como o próprio ministro já falou, o que buscamos é a descentralização das políticas para o esporte no país”, pontuou.


Tocantins Olímpico


O projeto Tocantins Olímpico, segundo Olyntho Neto, será lançado logo que o Governador Siqueira Campos retornar da viagem oficial a Espanha e será trabalho em parceria com a Secretaria de Educação e todos os demais órgãos. O projeto inicia as atividades no mês de agosto, com 500 vagas para cada uma das 13 regionais que serão instaladas.


O programa visa contribuir para a formação do jovem autônomo, solidário e protagonista, tornando assim o Estado do Tocantins uma referência no âmbito nacional na formação de jovens desportistas cidadãos. O projeto vai atender crianças e adolescentes escolares, comprovadamente matriculados e freqüentes em escolas da rede pública e privada de ensino, com idades entre 8 e 17 anos.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo