Siga nas redes sociais

Operação Cantão II embarga áreas de desmatamento ilegal na região centro-oeste do Tocantins

Mais de 200 mil m² de áreas desmatadas ilegalmente foram embargadas durante ação conjunta do Naturatins e BPMA - Foto: Divulgação/Naturatins

Nesta quarta-feira, 10, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e o Batalhão da Polícia Militar Ambiental do Tocantins (BPMA-TO) concluíram ação de fiscalização no Parque Estadual do Cantão (PEC), região centro-oeste do Tocantins. As equipes aplicaram autos de infração que somaram R$ 38.500,00 e embargaram mais de 223 mil m² em áreas de desmatamento ilegal. Durante patrulhamento aquático, em pontos estratégicos do Rio Araguaia, foram recolhidas 1.300 metros de redes de diversos tipos.

A Operação Cantão II, iniciada na sexta-feira, 5, objetivou combater crimes e infrações ambientais na Unidade de Conservação e contou com equipe de policiais do BPMA e guardas-parque do PEC.

As ações fiscalizatórias na UC são constantes e visam coibir novas irregularidades a fim de assegurar a proteção da fauna, flora e dos recursos naturais locais, conforme explica o guarda-parque Valmir Assunção da Silva. “Os envolvidos nas infrações ambientais identificadas durante a operação estarão sujeitos às penalidades previstas pela legislação vigente. A aplicação de medidas corretivas e punitivas são necessárias para coibir a degradação ambiental na região do Parque Estadual do Cantão”, destacou o guarda-parque.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo