Siga nas redes sociais

Palmas 23 Anos: Governo do Estado comemora avanços


Palmas completou 23 anos neste domingo e mostra que a última capital planejada do século XX, não para de crescer. Aspectos culturais, econômicos e educacionais fizeram com que a cidade fosse a primeira da região Norte a entrar no grupo das 100 melhores do País, segundo o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal, divulgado no ano passado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro.


A cidade, construída no meio do Cerrado do Brasil, tem atraído a cada dia, um número cada vez maior de pessoas, isso faz com que ela seja a cidade brasileira com maior taxa de crescimento demográfico, segundo o IBGE- Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Atualmente, o órgão estima que Palmas possui 235 mil 316 habitantes, um número 3,05% maior que os dados mostrados pelo Senso em 2010, que era de 228 mil 332. Essa taxa de crescimento é maior que a média nacional, que é de 0,85%.


Palmas também é uma das cidades da região Norte que melhor paga os seus trabalhadores. “Quem mais emprega ainda é o setor de serviços e os salários da cidade são explicados pelo grande número de empreendimentos da construção civil na Capital, que ainda está em processo acelerado de crescimento”, explicou o presidente do IBGE-TO, Francisco Ferreira.


Palmas tem características que contribuem, positivamente, na atração de investidores para a cidade. Uma delas é o fato da cidade possuir a maior taxa, da região Norte, de abrangência da energia elétrica, o que é capaz de facilitar a instalação de grandes indústrias no local contribuindo, assim com a geração de emprego e renda.


Além da infraestrutura adequada, o Governo do Estado também implementou um vasto programa de incentivos fiscais voltados para empreendedores interessados em investir no Tocantins. Ao todo, são com 11 tipos de incentivos voltados para diversos segmentos. Trata-se do: Proindústria, Prosperar, Comércio Atacadista, Produção de Carne, Produção de Frutas e Pescado, Indústria Automotiva, Complexo Agroindústrial, E-Commerce, Comércio Atacadista de Medicamentos, Prologística e Indústria da Confecção.


Esses incentivos, aliados ao fortalecimento do sistema logístico para escoamento da produção, com a construção da Ferrovia Norte/Sul foram os responsáveis pela instalação de empresas como: Casas Bahia, BR Distribuidora, Supermercado Mateus e Ciclo Cairú. Juntas, elas geraram cerca de 2 mil empregos diretos.


Urbanização


Dentre as capitais do Brasil, Palmas é a que possui a melhor estrutura sanitária. Apenas 0,74% da população não possuem banheiro. A cidade também possui um forte e desenvolvido sistema de esgoto.


O Governo tem buscado recursos com a intenção de melhorar ainda mais a situação sanitária e estrutural de Palmas. Um convênio recém-assinado com a Caixa, disposto pelo projeto “Saneamento para todos”, será responsável pela implementação de obras de infraestrutura nas quadras 307, 309 e 407 Sul. Além do asfaltamento das ruas, os setores receberão sistemas de drenagem, superficial e profunda; calçadas vivas que visam facilitar a escoação da água e respeitam as regras de acessibilidade, além da sinalização vertical e horizontal.


Saúde

O Estado ampliou bastante sua rede de serviços de saúde oferecida à população em Palmas. A meta é transformar o Tocantins em referência na área de alta complexidade para o Norte do país. O caminho é promover melhorias, fortalecendo os hospitais das cidades circunvizinhas e desafogando o HGPP- Hospital Geral Público de Palmas.


Ao olhar para o futuro, o secretário Nicolau Esteves, aponta algumas conquistas alcançadas em 2011, em especial o aumento em mais de 31% o número de leitos de Unidades de Terapia Intensiva – UTIs e de Unidades Intermediárias – UIS. “Ampliamos os serviços de alta complexidade do Hospital Geral Público de Palmas (HGPP) e do Hospital e Maternidade Dona Regina, inauguramos este serviço em Araguaína e estaremos inaugurando mais dez leitos em Gurupi”, finalizou o secretário da Saúde, comemorando as conquistas como garantias de um futuro melhor.


Desde a implantação da Capital, até os dias de hoje, ocorreu uma melhoria da assistência à saúde com mais acesso da população aos serviços. Os avanços aconteceram por causa da ampliação de programas, capacitação de profissionais, melhorias do Sistema de Informação, além de outros investimentos.


Habitação

Segundo o presidente do IBGE, Francisco Ferreira, Palmas é a única Capital do País que não possui áreas subnormais, que não possuam controle social.


Esse fator está relacionado aos investimentos do Governo na área da habitação. Atualmente em Palmas, R$ 200 milhões estão sendo investidos em sete projetos habitacionais. Alguns já estão em andamento, outros, em fase avançada na licitação. Além desses, o Estado pleiteia, junto ao Governo Federal, novos recursos para a implementação de novas unidades.


Comemoração

O Governador Siqueira Campos ressaltou que o dia 20 de maio tem que ser comemorado pelos tocantinenses, pois marca a vitória de um povo lutador. “Esse é um dia em que homens e mulheres, membros de um povo lutador deve comemorar, pois se comemora a data de criação de uma Capital feita para ser a mais bela e desenvolvida do país”, disse ele.


O Governador destacou que trabalhará para efetivar, ainda mais, o desenvolvimento da cidade. “Vamos trabalhar para a eliminação das desigualdades e das injustiças. Tudo será feito para que cada homem e cada mulher tenha dignidade para criar os seus filhos com acesso a saúde, alimentação e educação. Faremos tudo que pudermos para melhorar a vida desse povo. Comemorem!”, finalizou.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo