Siga nas redes sociais

PIB de Goiás cresce 2,3% em outubro

O Produto Interno Bruto (PIB) de outubro de 2023 do Estado de Goiás apresentou estimativa de crescimento de 2,3% em relação ao mesmo período de 2022. O resultado deve-se ao desempenho positivo dos setores de serviços (4,2%) e da indústria (3,9%).

Os dados constam no estudo divulgado pelo Instituto Mauro Borges (IMB), vinculado à Secretária-geral de Governo (SGG), nesta quarta-feira (24/01).

Na comparação entre outubro de 2023 e outubro de 2022, as atividades em destaque no setor de serviços foram: serviços financeiros (35,9%), de informação (11%) e atividades profissionais, científicas e técnicas, administrativas e serviços complementares (8,8%).

Os serviços industriais de utilidade pública – geração e distribuição de energia, gás, água, esgoto e gestão de resíduos – e a indústria de transformação tiveram estimativas positivas de 21% e 11%, respectivamente.

PIB de Goiás

Com relação à variação acumulada no ano, o PIB do estado de Goiás apresentou estimativa de 4,7%. Nessa análise, a agropecuária, a indústria e os serviços tiveram taxas estimadas em 12,5%, 1,2% e 3,1%, respectivamente.

A variação acumulada nos últimos 12 meses foi de 4,8%, e todos os setores econômicos ficaram com crescimento positivo no período. O PIB é a soma de todos os bens e serviços finais produzidos em uma determinada área geográfica durante um período de tempo.

O presidente do IMB, Erik Figueiredo, afirma que o PIB reflete o cenário pujante vivido pela economia goiana em 2023.

“Ao iniciar o último trimestre de 2023 com variação positiva, a economia goiana demonstra estar na trajetória de encerrar mais um ano com alto nível de crescimento econômico”, vislumbra.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo