Siga nas redes sociais

Polícia Civil apreende mais um veículo “finan” roubado, na Capital


Em mais uma ação de estratégia rápida e eficiente, a Polícia Civil por intermédio da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículo Automotores-DRFVA, tirou de circulação, no início da noite da última quinta-feira, 31 de Maio, em Palmas, mais um veículo “finan”, que havia sido roubado em Brasília –DF, em 2010.

 

Ao procederem investigações de rotina nas ruas de Palmas, policiais civis da DRFRVA, deparam-se com o veículo modelo Corola de cor preta e suspeitaram de que o mesmo poderia estar circulando de forma irregular. Os agentes, então efetuaram a abordagem do automóvel e, após um levantamento da documentação do carro foi constatado que o mesmo havia sido tomado de assalto em Brasília no dia 11 de Julho de 2010.

 

Os agentes então realizaram uma minuciosa busca no interior do veículo e encontraram dentro de seu porta-malas, um par de placas de Brasília. Após algumas investigações ficou constatado que o corola ano 2004 já rodava há aproximadamente oito meses em Palmas, onde havia sido vendido, à pessoa que o conduzia, pela quantia de R$ 8.000 (Oito Mil Reais).

 

Os policias civis então conduziram o motorista e o veículo até a delegacia onde lá foi constatado que, no momento do roubo em Brasília o carro utilizava as placas originais JGG 7886 e, logo após o crime teve as placas trocadas pelas clonadas JFY 2751, que pertenciam a outro carro com as mesmas características só que três anos mais novo, modelo 2007.

 

Ao chegar ao Tocantins, o carro , mais uma vez teve suas placas trocadas e, no momento da apreensão, utilizava placas de Araguaína. O condutor que estava de posse do veículo foi indiciado e responderá em liberdade pelos crimes de receptação, delito tipificado pelo Art. 180 em consonância com o Art. 311 do Código Penal Brasileiro.

 

O Delegado titular da Delegacia de furtos e Roubos de Veículo, Dr. Reginaldo De Meneses Brito alerta a população em geral para que tenham cuidado ao adquirir veículos de procedência duvidosa, os famosos “finan”. Ainda de acordo com o delegado o cidadão pode comprar um carro com o chassi adulterado ou um “finan” que tenha o CRLV- CRV (DUT DUAL) que tenha sido furtado ou roubado nos Detrans pelo Brasil e são distribuídos a quadrilhas especializadas nessas modalidades criminosas.

 

“Quem está adquirindo esses veículos pode responder pelos crimes de estelionato Art. 171, receptação Art. 180 e Adulteração de Sinal Identificador de Veículo, Art. 311 do Código Penal Brasileiro”, disse o delegado.

 

Reginaldo Brito falou ainda sobre o trabalho contínuo que os agentes da furtos e roubos vem realizando em Palmas e que tem dado ótimos resultados com a apreensão de inúmeros veículos e o indiciamento de dezenas de pessoas, “Nossos investigadores estão vigilantes e agindo de forma constante no intuito de tirar de circulação em Palmas, todos os veículos roubados, furtados e clonados que constituem “finan” e, devolve-los o mais rapidamente aos legítimos proprietários. Está é uma das missões da Polícia Civil”, afirmou o delegado.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo