Siga nas redes sociais

Polícia Civil desvenda homicídio ocorrido em Palmas, e em menos de 12 horas prende dois suspeitos de envolvimento

O réu filmou toda a ação criminosa e postou vídeos em redes sociais - Foto: Ilustração/Reprodução

Dois homens suspeitos de envolvimento no homicídio de Moisés Lima Costa, que foi morto a golpes de faca na região norte de Palmas no último sábado, 13, foram identificados e detidos pela Polícia Civil. A ação foi conduzida pela equipe da 1ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (1ª DHPP) de Palmas, sob a coordenação do delegado Guilherme Torres.

As investigações da unidade especializada começaram logo que a equipe foi acionada a fim de comparecer a Quadra 407 Norte, onde a vítima Moisés Lima Costa estava em óbito após ser esfaqueada. No local, os policiais civis receberam informações da Agência Local de Inteligência do 1º Batalhão da Polícia Militar de que o crime poderia ter sido motivado por uma espécie de vingança, já que três dias antes, a vítima tinha sido presa e delatou outros indivíduos por crimes praticados na região.

A irmã de um dos delatados por Moisés o teria ameaçado de morte. Com o aprofundamento das investigações, os policiais civis da 1ª DHPP descobriram que quatro indivíduos empurrando bicicletas, teriam sido avistados indo em direção ao barraco onde a vítima foi morta, sendo que um deles teria retornado pelo mesmo local poucos minutos depois em direção a uma residência onde houve as prisões dias atrás.

Os agentes diligenciavam na região, quando uma pessoa que estava na porta da residência em que haviam ocorrido as prisões nos dias anteriores percebeu a presença da viatura e se evadiu saltando muros de casas vizinhas. No local de onde ele fugiu, foram encontrados objetos que possibilitaram a identificação dos investigados como possíveis autores do delito.

Desse modo, dois homens de iniciais G.F.A, vulgo gasolina e A.S.C foram conduzidos para a sede da 1ª DHPP, juntamente aos objetos localizados no quintal e uma faca localizada no interior do banheiro aos fundos do imóvel.

Na unidade policial, um dos presos imputou o homicídio ao homem que teria fugido do imóvel, já o outro negou conhecer qualquer informação acerca do delito. Diante dos fatos, os dois foram autuados em flagrante por homicídio qualificado e após a realização das providências legais cabíveis, foram recolhidos à Unidade Penal de Palmas, onde ficarão à disposição da Justiça.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo