Sexta, 01 Julho 2022

Telefone: 63 3214-1853 | Whatsapp: 63 98403-8418 | E-mail: [email protected]

Polícia

Polícia Civil prende funcionário de empresa suspeito de aprovar laudos irregulares de veículos

Publicado em: Sexta, 20 Mai 2022 17:46 Escrito por Rogério de Oliveira
Avalie este item
(0 votos)
 Homem foi preso em ação da Polícia Civil no extremo norte do estado  Créditos da imagem: Ilustração Homem foi preso em ação da Polícia Civil no extremo norte do estado

A Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) prendeu, na última quarta-feira, 18, em Sítio Novo, no extremo norte do Estado, um homem de 26 anos, o qual é suspeito pela prática do crime de falsidade ideológica. Ele seria o responsável por emitir e aprovar laudos irregulares de veículos e estaria recebendo dinheiro para cometer os crimes.

Coordenada pelo delegado Antônio Bandeira, a ação que resultou na prisão do indivíduo foi deflagrada depois que a Polícia Civil recebeu informações de que o homem, que atua como funcionário de uma empresa que presta serviços para o Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran-TO), estaria emitindo e aprovando laudos fraudulentos de veículos, na cidade de Sítio Novo, sem o conhecimento da empresa e do próprio Detran-TO.

“O proprietário da empresa em questão, nos procurou e informou que tinha suspeitas de que algo errado estava ocorrendo na filial de Sítio Novo, uma vez que havia indícios de irregularidades na emissão e aprovação dos laudos, fatos que tinham sido comprovados, mediante auditoria fiscal”, disse a autoridade policial.

Desse modo, a PC-TO foi até a empresa e constatou que o funcionário, que ocupava a função há cinco anos, estaria, em tese, recebendo dinheiro para aprovar laudos de maneira irregular, sendo que os valores recebidos variam de R $50,00 a R$ 150,00 . “No ato da prisão, foi constatado que além de emitir mais um laudo irregular, o homem estava recebendo uma série de pedidos de terceiros para a emissão de outros documentos do mesmo teor”, disse o delegado.

Durante a auditoria realizada foram constatados laudos aprovados de transferência sem o Documento Único de Transferência (DUT) assinado, de veículos com carrocerias e chassis divergentes, aprovados através de fotos, sendo que as mesmas evidenciam que os veículos não tinham sido vistoriados. Além de laudos aprovados de veículos com números de motores e chassis raspados, bem como aprovados de caminhões sem carrocerias. 

Na manhã da última quarta-feira, o proprietário da empresa, com sede em Palmas, constatou que o laudo de um caminhão com pneus em péssimas condições de uso, com sistema elétrico danificado e carroceria divergente do documento havia sido aprovado com a emissão de laudo por parte do funcionário preso.

Assim, o homem acionou a PC-TO que se deslocou até a filial da empresa, e após constatar a emissão de um laudo recente, com indícios de irregularidades, deu voz de prisão ao suspeito.

O funcionário então foi conduzido até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguatins para a realização das providências legais cabíveis.

 
Compartilhar nas redes sociais

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Notícias em destaque

O Portal Agora-TO é um site de notícias voltado para a divulgação de informações do Tocantins e do Brasil e é editado sob a responsabilidade da Moara Comunicação Ltda, empresa sucessora da Dias e Vallim Ltda., com 23 anos de experiência na área de comunicação e jornalismo.

Newsletter

Cadastre-se em nosso Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias e novidades do Agora Tocantins.

Fique tranquilo, seu e-mail estará 100% protegido. Odiamos spam!