Domingo, 24 Outubro 2021

Telefone: 63 3214-1853 | Whatsapp: 63 98403-8418 | E-mail: [email protected]

Borges da Silveira demitido por ter se encontrado com Amastha após eleição

Publicado em: Quinta, 11 Outubro 2012 23:22 Escrito por
Avalie este item
(0 votos)


 



A demissão sumária do Secretário de Ciência e Tecnologia e presidente da Fundação Rádiodifusão Educativa do Tocantins (RedeSat), Luiz Carlos Borges da Silveira publicada no Diário Oficial do Estado na última quarta, 10, foi um dos reflexos da eleição do empresário Carlos Amastha (PP) para a Prefeitura de Palmas. Borges da Silveira era um dos secretários que tinha mais prestígio com o governador Siqueira Campos, mas bastou um encontro com Amastha para alimentar o descontentamento do Palácio Araguaia.


 


Vale lembrar Borges da Silveira, que já foi ministro da Saúde, manteve um encontro reservado com Amastha e que os dois são amigos desde os tempos que moravam em Curitiba e já foram sócios no Eadecom, instituição que manteve parceria com a Unitins para realizar cursos de nível superior a distância. Pode-se dizer que em seu terceiro mandato, Siqueira Campos trouxe Borges da Silveira com o Eadcom para a parceria com a Unitins e este trouxe Carlos Amastha para o Tocantins como sócio na empresa.


 


Apesar da demissão de Borges da Silveira estar publicada como “a pedido”, as desculpas dadas publicamente pelo ex-secretário para sua demissão foram consideradas “fracas” nos bastidores da crônica política. Nota-se ainda que na elaboração do decreto de exoneração não houve o cuidado de fazer citações elogiosas aos serviços prestados por Borges ao Estado, o que já foi observado em várias ocasiões quando o exonerado sai “de bem” com o governador. Fontes no Palácio Araguaia negam qualquer desentendimento com Borges da Silveira, ou mesmo que tenha havido qualquer retaliação por conta do processo eleitoral.


 


Servidores


Em várias secretarias servidores têm sido colocados à disposição da Secretaria da Administração e creditam a medida ao fato de terem feito campanha para vereador para candidatos ligados a Amastha e que por isso tiveram seus carros plotados com o número do candidato vencedor. Um servidor, que pediu para não ser identificado por razões óbvias, disse ao Agora-TO On Line que em vários órgãos do Estado servidores foram “solicitados” a plotarem seus carros com adesivos do candidato à Prefeitura de Palmas apoiado pelo governo.


 


Há ainda receio por parte de servidores com contrato especial de que os mesmos não sejam renovados quando vencerem, e o motivo seria a derrota do governo na eleição da Capital e em várias cidades importantes do interior. Esses contratos substituíram os cargos comissionados extintos por força de uma decisão do Supremo Tribunal Federal em ação movida pelo Diretório Nacional do PSDB a pedido do então pré-candidato Siqueira Campos, ainda durante a administração de Marcelo Miranda. 


 

Compartilhar nas redes sociais
Portal Agora Tocantins

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Notícias em destaque

O Portal Agora-TO é um site de notícias voltado para a divulgação de informações do Tocantins e do Brasil e é editado sob a responsabilidade da Moara Comunicação Ltda, empresa sucessora da Dias e Vallim Ltda., com 21 anos de experiência na área de comunicação e jornalismo.

Newsletter

Cadastre-se em nosso Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias e novidades do Agora Tocantins.

Fique tranquilo, seu e-mail estará 100% protegido. Odiamos spam!