Siga nas redes sociais

Prefeito de cidade do RJ conhece transporte público da capital

Rogério Cruz recebe prefeito de Teresópolis (RJ), Vinícius Claussen. Foto: Jackson Rodrigues

O prefeito Rogério recepcionou nesta quinta-feira (29/2) o prefeito de Teresópolis (RJ), Vinícius Claussen, que veio a Goiânia para conhecer o sistema de transporte público, considerado modelo entre as capitais do país, pela inovação e qualidade dos serviços oferecidos aos usuários.

As melhorias no transporte público da Capital foram apresentadas a Vinícius Claussen pelo prefeito Rogério, em seu gabinete, que convidou o presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Tarcísio Abreu, para detalhar os projetos implantados ao longo da atual gestão municipal.

Ao dar boas-vindas a Vinícius Claussen, o prefeito fluminense e sua equipe, o prefeito Rogério afirmou que a vinda dele a Goiânia mostra que a gestão municipal prioriza o bem-estar da população, em particular aos milhares de moradores que fazem uso do transporte público. “Esse tem sido o nosso propósito e o nosso compromisso em investir cada vez mais em melhorias no sistema de transporte público da nossa cidade, dando qualidade vida aos goianienses e melhorando a mobilidade”, pontuou.

Comprometido em garantir qualidade e conforto aos usuários, a gestão municipal desenvolveu uma série de projetos que impactaram positivamente na mobilidade, com o incentivo do uso do transporte público, desafogando o trânsito e beneficiando a mobilidade em toda a Região Metropolitana de Goiânia.

Um dos destaques é o Passe Livre do Trabalhador, uma iniciativa inédita no Brasil, que permite ao usuário o direito de fazer até oito viagens diárias no mês inteiro, inclusive em finais de semana e feriados. O projeto foi premiado nacionalmente na 1ª edição do Prêmio Parque da Mobilidade Urbana, em São Paulo, e reconhecido como a melhor iniciativa do setor público do País que inova e transforma a mobilidade urbana.

O Bilhete Único é outra inovação que permite com que o usuário escolha o melhor trajeto para chegar ao seu destino, pagando apenas o valor de uma passagem. Já o Bilhete Meia Tarifa permite que o usuário só pague meia passagem (R$ 2,15) em viagens de até 5 km.

O Cartão Família foi criado para que até cinco membros de uma mesma família possam usufruir do transporte coletivo aos finais de semana e feriados. E, a cada viagem, é cobrado apenas o valor de uma passagem, R$ 4,30, em um único cartão principal. Os demais membros embarcam de graça até quatro vezes no mesmo dia. A adesão é feita pelo site www.sitpass.com.br.

Desde dezembro de 2021, quem embarca nos ônibus na Capital e Região Metropolitana pode realizar o pagamento da passagem por aproximação de crédito e débito. Também é possível comprar os bilhetes pelo WhatsApp, PIX e QR Code embarcado. Os ônibus foram equipados com biometria facial, destinada aos idosos, pessoas com deficiência e estudantes beneficiados com gratuidade, que têm o embarque liberado imediatamente.

Ao final da apresentação, Vinícius Claussen contou que veio a Goiânia para conhecer o sistema de transporte público da Capital depois de uma apresentação que o prefeito Rogério fez durante encontro da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), demonstrando o compromisso de Goiânia com a inovação e a acessibilidade no transporte público.

Vinícius Claussen fez questão de conhecer de perto as operações do transporte público em Goiânia. Para tanto, visitou a sede da CMTC e o Redemob, onde está localizada a Central de Controle de Operações (CCO), evidenciando a eficiência do sistema de monitoramento e gestão da cidade.

Além disso, o prefeito fluminense conheceu o maior terminal de Goiânia, o Isidória, no Setor Pedro Ludovico, e foi apresentado ao primeiro modelo de ônibus elétrico superarticulado do mundo, com 23 metros de comprimento e autonomia para até 250 km com uma única carga. A frota desses veículos integrará o sistema de BRT Norte-Sul de Goiânia, marcando um passo significativo em direção à sustentabilidade e eficiência no transporte público da cidade.

Tarifa congelada
O congelamento do preço da passagem em R$ 4,30, desde 2019, também impressionou o prefeito de Teresópolis. Para ele, o benefício mostra o compromisso do prefeito Rogério em manter o transporte público muito mais acessível a todos.

O congelamento a R$ 4,30 é viabilizado pelo diálogo da administração municipal com outras prefeituras e com o Governo de Goiás para subsídio tarifário do transporte coletivo metropolitano. A Prefeitura de Goiânia é responsável por 41,2% do rateio, com investimento de mais de R$ 246 milhões entre maio de 2022 e janeiro de 2024.

Modelo
Ao lembrar que visitou Goiânia em 1998, o prefeito de Teresópolis disse ter testemunhado os avanços no transporte coletivo com a implantação do sistema de bilhetagem eletrônica. “Goiânia está constantemente à frente da maioria das capitais brasileiras no que diz respeito ao transporte público. Essa é uma das razões pelas quais decidi retornar, buscando conhecer de perto o case de sucesso representado pelo Passe Livre do Trabalhador. Essa iniciativa demonstra o compromisso de Goiânia com a inovação e o bem-estar dos cidadãos, sendo um exemplo a ser seguido por outras cidades”, afirmou.

Impressionado com o ineditismo do Passe Livre do Trabalhador, Vinícius Claussen adiantou ao prefeito Rogério sua intenção de implantar o modelo em Teresópolis, e expressou sua gratidão à recepção em Goiânia, destacando a importância da colaboração e troca de experiências entre as cidades.

Fonte: Tribuna do Planalto

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo