Siga nas redes sociais

Presidente do PSB pede tempo para definir aliança


O presidente nacional do PSB, governador Eduardo Campos (PE), pediu ontem a seu partido tempo para definir qual candidatura a sigla irá apoiar nas eleições paulistanas. O PSB é cobiçado tanto pelo PT quanto pelo PSDB.


Campos é próximo à presidente Dilma Rousseff, mas considera delicado ir contra o diretório local do PSB, que integra o governo de Geraldo Alckmin e tem se posicionado em favor da possível candidatura de José Serra (PSDB).


A aliados Campos pediu cerca de 40 dias. O governador quer ter tempo para avaliar a evolução da candidatura do pré-candidato petista, Fernando Haddad, que no Datafolha divulgado anteontem atingiu 8% das intenções de voto.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo