Siga nas redes sociais

Saúde apresenta Relatório de Prestação de Contas na Câmara Municipal de Palmas

Relatório de Prestação de Contas da Saúde é apresentado em audiência pública na CMP - Foto: Chico Sisto

A Câmara Municipal de Palmas realizou nesta terça-feira (27) Audiência Pública para apresentação do Relatório de Prestação de Contas referente ao 3º quadrimestre de 2023 sobre as Ações e os Serviços de Saúde da Gestão dos Programas do Sistema Único de Saúde (SUS). O evento foi realizado no plenário da Casa de Leis, contou com a participação de autoridades, profissionais da área da saúde e membros da comunidade.

No início da audiência, a secretária municipal de saúde, Anna Crystina Mota Brito Bezerra, apresentou o relatório com receitas e despesas, os investimentos realizados e as ações feitas pela pasta durante o período. As receitas totais do período totalizaram aproximadamente R$ 138 milhões, dos quais 64,73% são oriundos do tesouro municipal. A despesa com saúde no município durante o terceiro quadrimestre foi de R$ 140 milhões. Foram investidos R$ 2,6 milhões em equipamentos de informática e R$ 5,2 milhões na aquisição de mobiliários e materiais para as unidades de saúde. A secretária também mencionou a inauguração da unidade de saúde da 603 Norte, da unidade de saúde da família Laurides Milhomem no Aureny III e do Centro de Atenção Psicossocial Infantil. De acordo com o relatório apresentado, estão em andamento melhorias nas estruturas físicas da UPA Sul, da unidade de saúde do Aureny II, do Bela Vista, do Taquari e do Centro de Vigilância e Controle de Zoonoses.

No seu discurso, o presidente da Casa, vereador Folha (PSDB), destacou os investimentos feitos pela prefeita Cinthia Ribeiro Mantoan (PSDB) na saúde municipal. “Quero parabenizar a prefeita pelo investimento na saúde do nosso município. O investimento em saúde hoje na cidade é superior ao mínimo legal que é 15%, o município destina 18% do orçamento para essa área. Isso é resultado de uma gestão eficiente e de um planejamento cuidadoso. Palmas é referência em saúde pública”, disse Folha.

Usaram a tribuna o Promotor de Justiça, Thiago Ribeiro Franco Vilela, o defensor Público e coordenador do NUSA (área da saúde), Freddy Alejandro Solorzano Antunes, Patricia Policeno – Conselheira do Conselho Regional de Fonoaudiologia, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Heguel Belmiro, e os vereadores Rubens Uchôa (União), Rogerio Freitas (PSD), Laudecy Coimbra (SD), Iolanda Castro (PTB), Eudes Assis (PSDB), Márcio Reis (União), e Nego.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo