Terça, 30 Novembro 2021

Telefone: 63 3214-1853 | Whatsapp: 63 98403-8418 | E-mail: [email protected]

Social

Aperitivo sonoro no mês de outubro apresenta os músicos Piettro Lamonier e Paulo Albuquerque

Publicado em: Quarta, 13 Outubro 2021 09:28 Escrito por Renato Kelin
Avalie este item
(0 votos)
Aperitivo sonoro no mês de outubro apresenta os músicos Piettro Lamonier e Paulo Albuquerque Créditos da imagem: Divulgação

O mês de outubro chega com duas atrações no Aperitivo Sonoro do Sesc. Dia 15, quem se apresenta é o artista Piettro Lamonier e no dia 29 é a vez do Paulo Albuquerque fazer seu show. Todos os espetáculos serão totalmente autorais e de forma online, das 19h30 às 20h30, nos canais do Sesc Tocantins no Youtube (SescTO) e Facebook: www.facebook.com/sescto. Informações pelo telefone (63) 3212-9949  ou pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

O Aperitivo Sonoro do Sesc é um projeto que busca oferecer à população o acesso gratuito à boa música popular brasileira, por meio de um rodízio entre músicos de Palmas e de outras cidades do Estado e do país. Antes da pandemia as apresentações eram ao vivo na unidade Tênis Sesc, que fica no Jardim Aureny III. Agora vai ser de forma online nos canais do Sesc Tocantins no Youtube (SescTO) e Facebook: www.facebook.com/sescto.

 

Piettro Lamonier –  15/10

Tem mais de 20 anos de carreira artística no Tocantins. Sempre muito versátil já trabalhou com teatro, TV e cinema, além de fazer parte de vários grupos musicais. Em 2005, fez parte da banda Desconcerto onde assumiu o vocal ao lado de Gil Doliath além de também assinar algumas das composições do conjunto. Em 2006 ele entrou para a banda Mestre Kuca assinando também como compositor além de ser um dos frontmans do grupo que contabilizou 11 anos de estrada. Com o Coletivo Cerrado Novo começou assumir a direção artística de projeto que tinha em sua formação intérpretes e compositores tocantinenses como Matheus Mancine, Malusa, Josifran, Diego Vicente, Thayane Nolasco e o produtor musical Frederico Garibalde. Em 2019 após a turnê Amazonia Das Artes, promovida pelo Sesc-TO, O Coletivo Cerrado Novo lançou seu primeiro DVD intitulado Janelas da Vida. No qual Piettro assina e interpreta duas de suas composições, Obsoleto e Pardo, marcando o início de seu trabalho solo.


Ainda em 2019, Piettro também é convidado a assumir a direção do Grupo Tukan que lançou seu primeiro espetáculo chamado “Desafinados”, um linda homenagem à Bossa Nova. Sentindo a necessidade de produzir seus próprios trabalhos, em 2020, ano de pandemia da Covid-19. Piettro Lamonier entra em parceria com Frederico Garibalde e Vanguarda audiovisual lançando música e clipe de seu primeiro Single chamado “Preguicinha”,  onde acabou transmitindo  uma mensagem de auto valorização em meio ao caos. Em 2021 com mais dois singles, “Pirei” concedendo  ao espectador a necessidade de se esvaziar e se transformar, e “Vivendo”, com participação da intérprete Lívia Tâmara, como uma forma de valorizar a cada momento da vida com as pessoas que amamos. Piettro uniu em seu trabalho seus conhecimentos artísticos e psicológicos e ainda neste ano veremos mais um de seus projetos sendo lançado, “Magdala”, com participação da intérprete Cinthia Abreu e da atriz/bailarina Sara Almeida.

 

Os projetos de Piettro tem a produção musical é de Frederico Garibalde, direção de arte de Marcus Garcia, maquiagem de Isabela Bernardes, produção de Gabriel Dias com direção de fotografia e edição de Roberto Giovannetti, da Vanguarda Audiovisual. Se você tem interesse de ouvir e ver essas obras primas do Tocantins é só seguir Piettro Lamonier em suas redes sociais e conferir. Além disso, as músicas desse artistas estão disponíveis em todas as plataformas digitais.

 

Paulo Albuquerque – 29/10

É compositor e cantor, tem 58 anos e mora em Gurupi. Desde que chegou ao Tocantins, além das atividades que sempre desenvolveu como advogado, jornalista e professor, participou de dezenas de festivais de música tanto no Tocantins como em outros estados. Tendo gravado canções no, Cantos do Tocantins, entre outras coletâneas. Em 2000 lançou o CD Em Tempo, com 12 canções inéditas, desde então, sistematicamente compõe e produz músicas lançadas periodicamente em suas redes socias, inclusive em serviços de streaming digital, tais como Spotify e Deezer. Paulo é pesquisador da identidade tocantinense, tendo lançado recentemente o livro Cantos em Si, onde analisa narrativas de seis artistas do Estado em 24 canções.

 

No Aperitivo Sonoro do Sesc, Paulo irá apresentar o show Em Tempo, que revela as várias fases do compositor. Letrista e melodista, é dono de interpretações suaves; um soprano, que mostra neste trabalho a pluralidade de influências músicas que recebeu durante toda sua trajetória como artista, iniciada no Rio Grande do Sul em 1980 e que tem prosseguimento no Tocantins, de 1989 até os dias atuais. No repertório estão músicas como a que dá título ao show, (Em tempo), composta em parceria com Gilson Cavalcante. Esta canção data do final da década de 90, trata-se da migração das pessoas do interior do Tocantins para a jovem capital do Estado. Já a música Quebradeiras de Coco é o resultado de uma parceria com o poeta e escritor Paulo Aires Marinho. Nesta obra, os autores juntam letra e melodia para se pronunciar sobre um tema político-social muito relevante vivido especialmente pelas populações da região Norte do Estado. Não Vivo Mais em Mim é uma das finalistas do Festival Cantos do Tocantins; foi composta juntamente com o poeta Reneu do Amaral Berni. Os autores dão voz aos Javaé, povo nativo da Iha do Bananal, que no confronto diário com a cultura do ‘povo conquistador’ se vê no papel de coadjuvante e com suas identidades ofuscadas. Céu da Boca é uma parceria com Chico Chokolate. Mais recente, esta canção, um baião estilizado, traz numa abordagem leve o romantismo dos compositores. Na Mesma Levada Está Olhe Pra Mim, que foi produzida em parceria com Ronaldo Teixeira e Antonio Roveroni. Letra fácil, poética e contemporânea, ganhou vida em uma melodia limpa e de compreensão fácil. Filhos De Um Solo Só, tem a roupagem dos festivais: a letra consiste em um refrão que marca presença. Esta foi feita em parceria com o premiadíssimo Genésio Tocantins, e ficou em segundo lugar no GuruFestival, realizado em Gurupi em 2019. O show tem a direção musical de Chico Chokolate e a participação dos instrumentistas Dito Albuquerque (violão e viola), Tarcisio Ranhel (percussão) e Moisés Ribeiro Netto (flauta e teclado).

 

O Aperitivo Sonoro online será sempre às sextas-feiras, nos dias 15 e 29 de outubro, das 19h30 às 20h30 no Youtube (SescTO) e Facebook: www.facebook.com/sescto. Informações pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (63) 9 8421-2586.

Compartilhar nas redes sociais

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Notícias em destaque

O Portal Agora-TO é um site de notícias voltado para a divulgação de informações do Tocantins e do Brasil e é editado sob a responsabilidade da Moara Comunicação Ltda, empresa sucessora da Dias e Vallim Ltda., com 21 anos de experiência na área de comunicação e jornalismo.

Newsletter

Cadastre-se em nosso Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias e novidades do Agora Tocantins.

Fique tranquilo, seu e-mail estará 100% protegido. Odiamos spam!