Segunda, 21 Setembro 2020

Telefone: 63 3214-1853 | Whatsapp: 63 98403-8418 | E-mail: [email protected]

Tocantins

SISEPE-TO requer ao governo que inclua no Orçamento 2021 débitos com os servidores

Publicado em: Terça, 15 Setembro 2020 19:37 Escrito por Redação
Avalie este item
(0 votos)
SISEPE/TO quer que inclua débitos com os servidores no Orçamento 2021 SISEPE/TO quer que inclua débitos com os servidores no Orçamento 2021

O SISEPE-TO requereu ao governador Mauro Carlesse que inclua na previsão orçamentária e financeira de 2021 os débitos do Executivo com os servidores públicos, tais como, os passivos das datas-bases de 2015 a 2018, a diferença da Data-base de 2019 e a Data-base integral de 2020, mais os passivos gerados pelo atraso nas concessões. O SISEPE-TO também requereu a implementação na folha de pagamento as progressões e os passivos de 2008 a 2017, evoluções funcionais já devidamente divulgadas no Diário Oficial do Estado. O Ofício 176/2020 foi protocolado nesta terça-feira no Palácio Araguaia, com cópia aos secretários estaduais da Administração, Bruno Barreto Cesarino; da Casa Civil, Rolf Costa Vidal; da Fazenda e Planejamento, Sandro Henrique Armando.

Progressões

O SISEPE-TO requer ainda a disponibilização dos relatórios contendo os nomes dos sindicalizados aptos às evoluções funcionais horizontal e vertical, referentes aos anos de 2018, 2019 e 2020, como também, a listas dos inaptos as progressões. “E para garantir que não haja novos débitos do governo com os servidores públicos, propomos que seja instituído o Fundo Reserva de 1/12 (um doze avos) por mês do valor da folha de pagamento, assim garantindo o pagamento das progressões nas datas de aptidão de cada servidor”, detalha o presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro.

O SISEPE-TO também solicitou que a GEAD seja incorporada aos vencimentos dos públicos da Ageto/Crisa.

25%

Considerando que o Supremo Tribunal Federal (STF) já decidiu em favor dos servidores públicos ao decidir que as leis que revogaram o reajuste de 25%, inclusive com recurso rejeitado, o SISEPE-TO demanda ao governo do Estado o início da negociação dos pagamentos dos passivos aos servidores públicos sindicalizados.

Diárias

“Sem correção e reajuste desde 2008, é urgente que o valor das diárias sejam corrigidos, pois os valores estão defasados e muito inferior ao pago pelos outros poderes estaduais”, pondera Cleiton Pinheiro. O SISEPE-TO requer uma reajuste de 57,9%, índice apurado no período de 2008 a 2020.

Em lei

O SISEPE-TO requer que seja instituído por lei o pagamento no dia 1º cada mês para todos os servidores públicos do Poder Executivo. “Também é urgente a adoção em definitivo a jornada de trabalho de 6 horas e por isso solicitamos ao governador que envie projeto de lei instituindo a jornada, pois a economia é significativa e os benefícios as servidores refletem na qualidade do serviço prestado”, argumenta Cleiton Pinheiro.

Produtividade

A Lei 2.663/2012 prevê a concessão do prêmio por produtividade no âmbito do Poder Executivo. “Agora falta o governo instituir a produtividade para todos os servidores e efetivar a lei que já te, oito anos”, diz Pinheiro.

Outras

O SISEPE-TO também requereu:

- pagamento da URV;

- funcionamento regular e com qualidade do Plansaúde, como também, a criação do Conselho de Administração do Plansaúde, com composição paritária;

- alteração da lei que trata do Igeprev estabelecendo que os cargos da Diretoria Executiva sejam ocupados por servidores efetivos, definidos por eleição;

- regularização dos repasses das contribuições patronal e dos servidores ao Igeprev;

- regularizar os repasses dos consignados, descontados dos salários dos servidores públicos, às instituições financeiras;

- regulamentação de diversos artigos da Lei 1.818/2007, como hora extra, adicional de insalubridade e periculosidade;

- regulamentar as jornadas de trabalho, em conformidade com as legislações federais, dos profissionais diplomados em Jornalismo, Serviço Social, Direito, Engenharia, Medicina, dentre outras;

- instituir Mesa Permanente de negociação, com participação paritária das entidades classistas e do Governo;

– instituir e implementar o Redater aos profissionais do Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins (RURALTINS);

- instituir e implementar o REDAA para os profissionais do Instituto Natureza do Tocantins (NATURATINS);

– conceder o auxílio-alimentação, para todos os servidores do Poder Executivo, assim como já ocorre na Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e demais Poderes;

- instituir e implantar Programa Habitacional para os servidores públicos, com linha de crédito em todos os municípios do Estado;

- ampliar linha de crédito para servidores públicos, com taxas de juros mais acessíveis, por meio do Banco do Empreendedor (BEM);

- instituir e implantar o Conselho de Administração e Fiscal do Fundo de Gestão de Pessoal (FUNGESP), de forma paritária com representantes dos Sindicatos e do Governo;

- instituir o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração - PCCRs, dos profissionais do Sistema Penal do Estado do Tocantins (SECIJU);

- instituir o ressarcimento de despesas de atividades dos profissionais do Sistema Penal do Estado do Tocantins (REDAPSIPE);

- instituir Estatuto dos profissionais do Sistema Penal do Estado do Tocantins (SECIJU);

- alteração da nomenclatura dos cargos dos profissionais do Sistema Penal do Estado do Tocantins (SECIJU);

- instituir o ressarcimento de despesas de atividades de fiscalização -REDAFT- do Departamento Estadual de Transito Estado do Tocantins (DETRAN);

- realização de novos concursos públicos no Estado, para todas as categorias;

- instituir o Programa de Aposentadoria Incentivada – PAI - para todos os servidores do Poder Executivo que atendem todos os requisitos, como já ocorre nos demais Poderes;

- instituir o trabalho remoto ou teletrabalho no serviço público do Estado do Tocantins, estabelecendo princípios e diretrizes.

Compartilhar nas redes sociais

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Prefeitura de Palmas Comunicado Saúde

Notícias em destaque

O Portal Agora-TO é um site de notícias voltado para a divulgação de informações do Tocantins e do Brasil e é editado sob a responsabilidade da Moara Comunicação Ltda, empresa sucessora da Dias e Vallim Ltda., com 21 anos de experiência na área de comunicação e jornalismo.

Newsletter

Cadastre-se em nosso Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias e novidades do Agora Tocantins.

Fique tranquilo, seu e-mail estará 100% protegido. Odiamos spam!