Sexta, 07 Mai 2021

Telefone: 63 3214-1853 | Whatsapp: 63 98403-8418 | E-mail: [email protected]

Tocantins

Um ano após 1ª morte por Covid-19 no TO, Semus contabiliza avanços na rede municipal

Publicado em: Quinta, 15 Abril 2021 10:36 Escrito por Redação
Avalie este item
(0 votos)
Pandemia levou a Prefeitura de Palmas a ampliar em mais de 120% a oferta de leitos de estabilização Créditos da imagem: Raiza Milhomem Pandemia levou a Prefeitura de Palmas a ampliar em mais de 120% a oferta de leitos de estabilização

Ao longo de mais de um ano de pandemia, a Secretaria Municipal da Saúde (Semus) vem ampliando suas ações e serviços ofertados. Um fortalecimento da musculatura da Rede Municipal de Saúde, com aquisição e realização de testes de Covid-19; medidas restritivas de contenção da disseminação do vírus; ampliação da oferta de leitos de estabilização; oferta de leitos clínicos e de UTI; instalação de usinas de oxigênios e, por fim, a vacinação da população. Mas durante a jornada, mais de 400 palmenses foram vítimas da pandemia.

A primeira delas, a assistente social Francisca Romana Sousa Chaves, 47 anos, perdeu a batalha para a Covid-19 há exatamente um ano, no dia 14 de abril, após ficar quase um mês internada em uma UTI. Trabalhadora do SUS há mais de 15 anos, Romana era servidora da Semus, uma profissional muito querida pelos colegas, em especial da vigilância epidemiológica. Integrava o Centro de Operações de Emergências em Saúde (COE), órgão responsável por analisar e propor medidas de contenção e controle epidemiológico. Como forma de homenagear a servidora, a Prefeitura de Palmas batizou a antiga Policlínica da Arno 31, entregue reformada e ampliada em agosto de 2020, com o nome de Centro de Atenção Especializada Francisca Romana Chaves.

Leitos

No início da pandemia, o Município ofertava apenas 21 leitos de estabilização, sendo 12 na UPA Norte e nove na UPA Sul. Com o avanço da doença na Capital, a Prefeitura de Palmas mais que dobrou a estrutura nas UPAs. Atualmente, são 47 leitos de estabilização (aumento de 124%) nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), sendo 31 na Norte e 16 na Sul, todos com oxigênio produzido pelas duas usinas instaladas nas UPAs, contratadas pelo Município ainda em 2020. 

O secretário-executivo da Saúde e presidente do COE Palmas, Daniel Borini, destaca que a rede passou por uma ampliação recente com a contratação de sete leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Medical Center. “A Capital agora passa a ofertar, no total, 20 leitos de UTI em funcionamento.” O secretário lembra que a Semus também possui outros 15 leitos credenciados na rede privada.

Segundo o boletim epidemiológico desta quarta-feira, 14, Palmas tem um total de 36.742 casos confirmados para Covid-19. Destes, 31.627 estão recuperados, 4.686  ainda são considerados casos ativos e 429 vieram a óbito. O documento também informa que foram aplicadas 29.846 doses das vacinas contra a Covid-19 em Palmas, das quais 21.361 da primeira dose e 8.485 da segunda dose.

Compartilhar nas redes sociais

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Notícias em destaque

O Portal Agora-TO é um site de notícias voltado para a divulgação de informações do Tocantins e do Brasil e é editado sob a responsabilidade da Moara Comunicação Ltda, empresa sucessora da Dias e Vallim Ltda., com 21 anos de experiência na área de comunicação e jornalismo.

Newsletter

Cadastre-se em nosso Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias e novidades do Agora Tocantins.

Fique tranquilo, seu e-mail estará 100% protegido. Odiamos spam!