Imprimir esta página

Prefeitura de Palmas divulga Plano de Vacinação contra a Covid-19 para crianças de 05 a 11 anos

Publicado em: Sábado, 15 Janeiro 2022 11:32 Escrito por Redação
Avalie este item
(0 votos)
Pais já podem efetuar o cadastro virtual; início da imunização está prevista para o dia 20 de janeiro Créditos da imagem: Breno Esaki/Agência Saúde/Ilustração Pais já podem efetuar o cadastro virtual; início da imunização está prevista para o dia 20 de janeiro

A Prefeitura de Palmas divulgou nesta sexta-feira, 14, o Plano de Vacinação Contra a Covid-19 para crianças de 05 a 11 anos. Conforme a Secretaria Municipal da Saúde (Semus) da Capital, pelo menos 29.259 mil crianças desta faixa etária estão aptas a receberem a dose do imunizante. A previsão para início da administração das doses é dia 20 de janeiro. Contudo, a Semus informa que ainda aguarda o repasse das doses por parte do Governo do Estado do Tocantins. 

Para efetivar um planejamento estratégico com relação às crianças com comorbidades, áreas com maior número de crianças e outras questões, a Prefeitura, conforme anunciado em uma rede social pela prefeita Cinthia Ribeiro, está disponibilizando um site para que os pais e/ou responsáveis efetuem o cadastro da criança a ser vacinada. 

O cadastro deve ser efetuado no endereço eletrônico https://coronavirus.palmas.to.gov.br/vacina/agendamento/cadastro. Para preenchimento do cadastro são necessários os seguintes documentos: documento de identidade, CPF ou Certidão de Nascimento. No cadastro há um campo para que seja informado se a criança possui alguma comorbidade ou outras condições especiais.

Após o cadastro, serão disponibilizadas 10 Unidades de Saúde da Família (USFs) exclusivas para vacinação infantil com agendamento disponível no site Vacina Já. Conforme a área técnica da Vigilância Epidemiológica, as unidades selecionadas contemplarão todas as regiões sul, norte, central e zona rural, em horário matutino ou vespertino.  

Documentos necessários

No ato da vacinação, os pais deverão apresentar documento de identidade, CPF ou Certidão de Nascimento da criança, acompanhado do Termo de Consentimento disponível no site ou na unidade de saúde e o cartão de vacinação.

Recomendações

A Vigilância Epidemiológica da Semus recomenda ainda que após a vacinação a criança deverá permanecer na unidade por 15 minutos e que não deverá receber outro imunizante no mesmo dia ou 15 dias após a vacinação.

A prioridade será para as crianças com comorbidades, conforme a lista a seguir:

1. Asma

2. Diabetes Mellitus

3. Deficiência Permanente

4. Doenças Degenerativas

5. Anemia Falciforme

6. Paralisia Cerebral

7. Insuficiência Cardíaca

8. Cardiopatia Hipertensiva

9. Síndromes Coronarianas

10. Obesidade Graus II ou III

11. Valvopatias

12. Imunossuprimidos

13. Cor-Pulmonale e Hipertensão Pulmonar

14. Próteses Valvares e Dispositivos Cardíacos

15. Doença Neurológicas Crônicas que Impactam na Função Respiratória

16. Hipertensão Arterial

17. Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas Arteriovenosas

18. Hemoglobinopatias Graves

19. Insuficiência Renal

20. Insuficiência Hepática

21. HIV

22. Câncer

23. Patologias Reumáticas e em uso de Imunossupressores

24. Deficiências Motoras, Sensoriais e Cognitivas

25. Transtorno do Espectro Autista

26. Síndrome de Down e demais Síndromes Genéticas

Compartilhar nas redes sociais