Imprimir esta página

Seagro, Ageto e Aprosoja discutem recuperação de rodovias para garantir escoamento da produção agrícola

Publicado em: Domingo, 16 Janeiro 2022 13:10 Escrito por Raquel Oliveira
Avalie este item
(0 votos)
O escoamento da produção agrícola que está prevista para ter início em 20 dias Créditos da imagem: Divulgação O escoamento da produção agrícola que está prevista para ter início em 20 dias

A fim de garantir que caminhões levem produtos de qualidade do campo para a cidade sem contratempos, o secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), Jaime Café, o presidente da Agência Tocantinense de Transportes e obras (Ageto), Márcio Pinheiro, e o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Tocantins (Aprosoja-TO), Dari Fronza, se reuniram na quinta-feira, 13, na sede da Ageto, em Palmas. Na oportunidade foram relacionados e avaliados alguns dos principais trechos rodoviários que precisam ser recuperados de forma emergencial para garantir o escoamento da produção agrícola que está prevista para ter início em 20 dias.
 
“A eficiência no escoamento da produção agrícola no Tocantins passa pelas boas condições de tráfego das estradas rurais e estudais. Estamos aqui juntos buscando alternativas para colocar em prática um trabalho conjunto e assegurar que trechos com maior tráfego de veículos recebam melhorias”, pontou Café.
 
Segundo o presidente da Ageto, o governo do Tocantins já intensificou obras e reparos em vários prontos críticos, mesmo com as fortes chuvas dos últimos dias. Nas principais rotas de escoamento, próximo a áreas produtoras de grãos e outros gêneros, a recuperação será iniciada o mais breve possível, após levantamento detalhado de cada trecho e em parceria com produtores.
 
“Temos trechos caóticos e precisamos de intervenções pontuais como, por exemplo, na TO-080, TO-235 entre outros”, detalhou o presidente da Aprosoja solicitando também a limpeza e roço nas laterais das rodovias.
 
“A melhoria das estradas reflete diretamente no comportamento da economia e o governador Wanderlei Barbosa está atento a esta situação. Ao recuperar acessos de escoamento de produções familiares, estamos contribuindo demais para o desenvolvimento das regiões”, reforçou o secretário Jaime Café.
                                             
Também participaram da reunião produtores associados à Aprosoja, o diretor de Agricultura, Agronegócio e Pecuária da Seagro, José Américo, e a gerente de agrometeorologia da Seagro, Denise Coelho.

Compartilhar nas redes sociais