Siga nas redes sociais

TRE-TO homologa biometria na 2ª ZE de Gurupi e 7ª ZE de Paraíso


A revisão do eleitorado por meio da biometria realizada nas Zonas Eleitorais de Gurupi (2ª ZE) e Paraíso (7ª ZE) foi homologada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), após o Corregedor Regional Eleitoral, Juiz Federal Marcelo Albernaz apresentar os dados da revisão aos Membros da Corte na Sessão da última quarta-feira (06).

 

Tocantins e Gurupi tem eleitorado de 59.530 votantes.pós análise foi constatado que a 2ª ZE, formada pelos municípios de Aliança do Tocantins, Cariri do Tocantins, Crixás do  Nesta ZE 13.209 eleitores não compareceram ao Cartório Eleitoral, para atualizarem os dados por meio a impressão digital. Ou seja, 22,19 % dos eleitores estão passíveis de terem os títulos cancelados.

 

Na 7ª ZE, composta pelos municípios de Pugmil do Tocantins, Paraíso do Tocantins, Monte Santo do Tocantins, Marianópolis do Tocantins, Abreulândia do Tocantins e Divinópolis do Tocantins, estão aptos a votar 42.449 eleitores, destes 7.810 podem ter o título cancelado, o que representa 18,40% dos eleitores que não fizerem a biometria.

 

Para o Corregedor o não comparecimento representa um pequeno percentual de eleitores. “Provavelmente resultou do fato de a maioria deles ter se mudado para outras localidades”, destacou o Juiz, que acredita que o maior prejuízo para o  eleitor é o de não poder votar, deixando de participar da escolha dos seus representantes no Poder Executivo e no Poder Legislativo.

 


Outros Prejuízos


 


De acordo com o artigo 7º do Código Eleitoral, o eleitor que deixar de votar e não se justificar perante o Juiz Eleitoral até 30 dias após a realização da eleição pagará  multa de 3 a 10% sobre o salário mínimo da região; não poderá obter passaporte; carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial; praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda; não poderá tomar posse em concurso público; participar de concorrência pública ou administrativa; obter empréstimos em instituições públicas, autarquias ou sociedades de economia mista

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo