Siga nas redes sociais

Usuários de álcool e outras drogas contam com atendimento 24 horas no CAPS AD III


Com a inauguração do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS AD III – 24 horas), realizada na tarde do último dia 26, a comunidade palmense passou a contar com atenção diuturna para atendimento e tratamento de pessoas com necessidades decorrentes do uso de drogas. O CAPS AD III – 24 horas está instalado na quadra 106 Sul, alameda 04, lote 06, casa 01.

 

Com cerca de 300 usuários cadastrados, o CAPS AD III tem ambientes estruturados com área verde, piscina, farmácia, consultórios, salas multidisciplinares, leito de observação, avaliação e inicialmente 12 leitos para acolhimento.

 

“Uma equipe de saúde multidisciplinar composta de médico psiquiatra, médico clínico, enfermeiros e auxiliares de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta e farmacêutico estão a postos, para dar toda a atenção e tratamento necessários aos usuários do SUS”, informa Samuel Bonilha, secretário da Saúde de Palmas.

 

Atenção Integral

Adriana Victor Lopes, diretora de Atenção à Saúde, informa que o CAPS III proporciona atenção integral e contínua às pessoas com necessidades relacionadas ao consumo de álcool, crack e outras drogas, inclusive aos sábados, domingos e feriados. “O sistema 24 horas é uma garantia de atendimento e uma segurança à saúde do usuário do SUS”, destaca a diretora.

 

Segundo Fátima Damaso, coordenadora de Saúde Mental da Semus, para o funcionamento da rede de atenção aos usuários de álcool e outras drogas é necessário também o envolvimento de toda uma rede intersetorial que envolva a participação de outras instituições públicas.

 

A coordenadora explica que, além do atendimento individual, medicamentoso e psicoterápico, o CAPS III proporciona também acolhimento, atendimento em grupos, desenvolvimento de atividades terapêuticas e de apoio social, oficinas de motivação, visitas domiciliares e o apoio à família do usuário. “É muito importante estimular o protagonismo dos usuários e familiares para maior integração e promoção à saúde de todos os envolvidos”, ressalta Fátima Damaso.

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo