Siga nas redes sociais

Vigilantes de empresa contratada das unidades de saúde do Estado estão com salários atrasados novamente

Os profissionais terceirizados que prestam serviços de segurança e vigilância em órgãos e unidades de saúde do Governo do Tocantins estão preocupados, mais uma vez, com o atraso dos salários, que se tornaram frequentes. O caso já foi noticiado pelo AGORA- TO por três vezes.

Os vigilantes são terceirizados e atuam por meio da empresa Convig Vigilância e Segurança Eireli, contratada pelo Governo do Estado. De acordo com os trabalhadores, a empresa ainda não pagou o salário referente aos meses de dezembro de 2023 e janeiro de 2024, ticket alimentação, e para quem estava de férias o benefício não foi pago.

“Eu particularmente estou passando por muita necessidade, meus filhos querendo lanche e o pai não tem como comprar, situação difícil que estamos passando, estou com conta de água cortada e aluguel atrasado, disse um vigilante que preferiu não ser identificado.”

“Tem vigilante que está três meses sem receber o adicional noturno, disse outro trabalhador”.

Os Cerca de 80 Vigilantes contratos pela Empresa Convig Vigilancia e Segurança Eireli trabalham nas seguintes unidades de saúde e órgãos em Palmas;

Hospital Geral de Palmas – HGP

Secretaria Estadual de saúde

Anexo 7

Setor de Reabilitação,

Centro de Farmácia,

Hemocentro da Vila União,

Hemocentro do HGP,

Hospital Dona Regina

Hospital Infantil Centro de farmácia

Escola ETSUS Centro de farmácia

Ainda de acordo com vigilantes a empresa Convig Vigilancia e Segurança Eirele, alega que ainda não realizou pagamentos por que o Governo do Estado não pagou a empresa.

A reportagem aguarda posicionamento da Secretaria Estadual da Saúde. O espaço também está aberto para a empresa citada.

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram

Artigos relacionados

Notícias Em destaque

Pular para o conteúdo